sexta-feira, 27 de julho de 2012

III COMAR (Rio de Janeiro) vence a 6ª Edição do Torneio da Tropa de Infantaria

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com



O Terceiro Comando Aéreo Regional (III COMAR) foi o grande campeão da 6ª Edição do Torneio da Tropa de Infantaria (TTI), disputado entre os dias 23 e 27 de julho, na Base Aérea de Anápolis (BAAN), em Goiás. Em segundo lugar ficou o IV COMAR (São Paulo) e em terceiro, o I COMAR (Belém).
"Os principais fatores que contribuíram para vencer a competição foram a escolha de uma boa equipe e a união do grupo. A vitória é um estimulo para que nós nos aperfeiçoemos cada vez mais no exercício de nossas atividades diárias", afirma o Tenente-Coronel Infantaria Almir Pinto de Lima, chefe da delegação do III COMAR.

Durante uma semana, cerca de 240 militares, representando as unidades de Infantaria de Aeronáutica sediadas na área de responsabilidade de cada Comando Aéreo Regional (COMAR) do país, participaram de competições nas modalidades de Tiro Militar Avançado com Armamento Terrestre, Corrida de Orientação, Emprego Operacional, Pista de Obstáculos, Conhecimento Doutrinário e Cabo-de-Guerra.
Na solenidade de premiação, realizada no auditório da BAAN nesta sexta-feira (27/7), estiveram presentes o Comandante do Sexto Comando Aéreo Regional, Major-Brigadeiro do Ar Antônio Carlos Moretti Bermudez; o Chefe da Subchefia de Segurança e Defesa do Comando-Geral de Operações Aéreas, Brigadeiro de Infantaria Amilcar Andrade Bastos. (Veja a classificação geral aqui)

“O Torneio da Tropa de Infantaria simula, por meio das modalidades esportivas, as condições operacionais a que esses militares são submetidos no dia a dia. A gente traz isso em cada uma das provas procurando associa-las às virtudes que o combatente precisa ter. Com isso temos condições de verificar o nível de aprimoramento tanto da parte de aptidão física quanto do conhecimento profissional desses militares para o desempenho de suas missões”, avalia o Brigadeiro Bastos.

O Capitão de Infantaria Gilson Resende Floriano Junior, do III COMAR, foi eleito o competidor padrão do torneio. Já o título de equipe mais disciplinada do torneio ficou com o IV COMAR.

As provas realizadas no TTI estão diretamente ligadas às atividades desempenhadas pela infantaria, como forças especiais, polícia de aeronáutica, entre outros.

Além de promover o intercâmbio de experiências das tropas, melhorar o preparo físico e proporcionar o aprimoramento de técnicas e doutrinas operacionais, as competições produzirão dados que servirão de parâmetro para o aprimoramento dos militares. 

“Todas as atividades foram escolhidas para desenvolver como um todo o combatente terrestre da FAB. Então a gente trabalha a parte física em algumas modalidades, em outras são avaliados os conhecimentos técnicos, operacionais, e também o espírito de equipe. Portanto, a participação neste tipo de evento é de suma importância”, ressalta o Capitão de Infantaria Sávio Mayer Gomes Pinto.
Fonte: Agência Força Aérea