sexta-feira, 10 de agosto de 2012

ÁGATA 5 - Militares de Infantaria realizam treinamento para abordar aeronaves interceptadas

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
        Foto: Agencia Força Aérea/ Sgt Johnson 

       Armados de fuzil, vestindo uniforme de campanha, com coletes balísticos e capacetes, militares da Infantaria da Força Aérea realizaram treinamento para abordagem de aviões que possam ser interceptados e forçados a pousar durante a Operação Ágata 5. O exercício foi realizado na Base Aérea Desdobrada de Maringá, com um Helicóptero H-1H, operado pelo Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV).
No treinamento, foi simulado o embarque e desembarque dos militares da aeronave de asas rotativas. “No caso de um acionamento real, chegaríamos de helicóptero ao local do pouso do avião interceptado. Nosso objetivo neste treinamento é justamente padronizar os procedimentos que vamos utilizar em uma operação junto à aeronave H1-H”, explica o Capitão de Infantaria Márcio Simões Pereira Campos.
Conforme ele afirma, na região de Maringá, o cumprimento das medidas de controle em solo será efetuado por homens dos Batalhões de Infantaria (BINFA) das Bases Aéreas de Florianópolis (BAFL) e Santa Maria (BASM).
Integrante do BINFA do Florianópolis, o Cabo Eduardo Zen Campesatto explica que o treinamento vai proporcionar crescimento profissional aos militares da BAFL. “Nosso esquadrão, em Florianópolis, não voa Helicópteros. Como experiência operacional, de atuação conjunta da Infantaria com a Aviação de Asas Rotativas, acredito que vai somar muito e nos deixar prontos o caso de emprego em uma situação real”, lembra ele.


Fonte: Agência Força Aérea