quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

AVIAÇÃO MILITAR DE SÃO PAULO: 100 Anos

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Revista Tecnologia & Defesa 
Texto:  Ivan Plavetz

Aconteceu nesta terça-feira (17), nas dependências da Associação dos Oficiais da Polícia Militar (AOPM), na capital paulista, evento que marcou a passagem do 100º Aniversário da Aviação Militar Paulista, atualmente representada pelo Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GRPAe) “João Negrão”, da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP). Entre os presentes ilustres figuraram o comandante-geral da PMESP, coronel PM Benedito Roberto Meira, o comandante do GRPAe, coronel PM Ricardo Gambaroni, o primeiro comandante do GRPAe, coronel PM Ubirajara Guimarães, junto a companheiros da primeira turma de pilotos, o sub-comandante do GRPAe, tenente-coronel PM Edson Luiz Gaspar, e representantes de órgãos de segurança, governos municipais e estaduais e de empresas fornecedoras de equipamentos e serviços de suporte técnico para a corporação, além de convidados das Forças Armadas brasileiras e do estrangeiro, como o adido aeronáutico dos Estados Unidos. O efetivo do GRPAE compareceu em expressivo número entre oficiais e praças.
Durante o evento foi exibido um modelo reduzido do biplano “São Paulo”, construído no Campo de Marte em 1925, pela Força Pública de São Paulo. Esse modelo fará parte do futuro acervo do museu do GRPAe. Fotos Ivan Plavetz.
  
Para agraciar personagens e organizações que de alguma forma prestaram relevantes contribuições para o GRAPAe desde a sua criação, foi concedida a “Medalha do Centenário”. Tecnologia & Defesa teve a honra de estar incluída nesta homenagem
O ponto alto da memorável noite, que incluiu coquetel e um jantar dançante, foi a cerimonia de condecoração com a Medalha do Centenário das personalidades que, de alguma forma, prestaram relevantes serviços para o GRPAe desde a sua criação em agosto de 1984. A revista Tecnologia & Defesa, órgão da imprensa especializada e parceira de longa data da PMESP e do GRPAe desde os seus primeiros dias, foi incluída na lista dos homenageados com a aposição da Medalha do Centenário. Homenagens especiais foram prestadas aos pioneiros da Aviação Militar da Força Pública do Estado de São Paulo, tenente Edmundo da Fonseca Chantre e coronel João Negrão (patrono do GRPAe), através de seus descendentes. A história da nova ferramenta policial paulista iniciou-se há 100 anos, no dia 17 de dezembro de 2013, quando foi fundada a Escola de Aviação da corporação, no Campo do Guapira, atual bairro Edu Chaves (em homenagem ao responsável pela Escola), plantando-se, dessa forma, as primeiras sementes do emprego de aeronaves em operações de segurança pública. Sediado no Campo de Marte, o GRPAe é a maior organização do gênero no Brasil e na América Latina, e uma das 15 maiores do mundo.
Entre os momentos solenes da comemoração houve a execução do Hino Nacional do Brasil e a Canção das Águias.
 
O comandante do GRPAe, coronel PM Ricardo Gambaroni, fez um balanço das atividades da unidade, destacando o nobre papel social desempenhado no dia-a-dia das, na condição de braço aéreo da PMESP
Tenente-coronel PM Edson Luiz Gaspar, sub-comandante do GRPAe e esposa.
Familiares dos pioneiros e mártires dos primeiros tempos receberam homenagens especiais. 
Ao usarem da palavra, tanto o coronel PM Meira quando o coronel PM Gambaroni, ressaltaram que, apesar do estratégico poder de ação desempenhado pelo braço aéreo da corporação na luta contra a criminalidade, quaisquer que seja sua origem, organização e poder de fogo, o grande motivo de júbilo para os “Águias” é grafar em sua folha de serviços o registro de milhares de vidas salvas e missões humanitárias, tanto em território paulista quanto além das divisas do Estado.
O ex-comandante do GRPAe, coronel PM Marco Antônio Severo Silva (esquerda) e o coronel PM Carlos Eduardo Falconi
O comandante do GRPAe, coronel PM Ricardo Gambaroni (primeiro da esquerda para a direita),coronel PM Leônidas Pantaleão e o comandante-geral da PMESP, coronel PM Benedito Roberto Meira.
Dando inicio à cerimonia de condecoração , o coronel PM Ricardo Gambaroni recebe a comenda do coronel PM Benedito Roberto Meira.
O coronel Gambaroni, condecora o primeiro comandante da unidade, coronel PM Ubirajara Guimarães.
O evento contou com a presença de representantes das Forças Armadas do Brasil e do exterior.
 
O comandante-geral da PMESP, coronel PM Benedito Roberto Meira
Os 100 Anos da Aviação Militar paulista estão sendo comemorados juntamente com uma novidade, a integração das primeiras policiais femininas no efetivo de pilotos do GRPAe. Na imagem, a primeira-tenente PM Lara Carolina Palhiari Duarte (esquerda) acaba de conquistar sua licença PPH, enquanto a primeira-tenentePM Mayara Roberta Mieko Tanaka de Moraes frequenta o curso teórico para seguir o mesmo caminho de sua colega.
100 Anos, um único objetivo, “Voar para Sevir”.