quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Latrocínios e roubos de carga caem em São José do Rio Preto

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

A região de São José do Rio Preto reduziu em 60% o número de latrocínios (roubos seguido de morte) de janeiro a novembro de 2013 em relação ao mesmo período do ano passado, com seis casos a menos do que em 2012.
Foram contabilizados quatro casos nos primeiros 11 meses do ano, contra 10 registros no mesmo período de 2012.
Não foi contabilizado nenhum latrocínio no mês de 2013, um a menos do que no mesmo mês do ano passado.
É o que apontam as estatísticas da criminalidade divulgadas nesta terça-feira (24) pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP), no portal da Secretaria da Segurança Pública (SSP).
Roubos
Os roubos de cargas apresentaram uma queda de 54,55% no acumulado do ano. Foram seis casos a menos de janeiro a novembro de 2013 em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 11 casos.
O número de roubos a carga permaneceu estável em novembro, com uma ocorrência – a mesma quantidade de casos registrados no mês de 2012.
Embora roubos de veículos e roubos tenham crescido em novembro, apresentaram redução no ano. De janeiro a novembro deste ano, os roubos caíram 11,76%, com 266 casos a menos em relação aos 11 primeiros meses de 2012, quando foram registrados 2.262. É o menor número para o período nos últimos cinco anos.
De janeiro a novembro deste ano, foi registrada uma queda de 35,41% nas ocorrências de roubos de veículo. Foram registrados 166 casos em 2013, contra 257 registros no mesmo período de 2012.
Na região, não foi registrada nenhuma extorsão mediante sequestro neste ano.

Produtividade policial

Em novembro, a eficiência das polícias Civil e Militar alcançou um patamar recorde em relação às prisões na região de São José do Rio Preto. Preparação e inteligência foram algumas das estratégias adotadas para a realização de 570 prisões no mês. Esse é o maior número para o mês de novembro na série histórica do indicador, que foi iniciada em 2001.
Em comparação com o mesmo mês do ano passado – quando foram feitas 396 prisões –, houve um aumento de 43,94%, ou 174 registros a mais no indicador de produtividade policial. 
Os flagrantes de tráfico de entorpecentes chegaram a 2.163 registros no acumulado deste ano. Foi um aumento de 15,11%, ou seja, 284 flagrantes a mais.

Esse tipo de ocorrência depende totalmente da ação policial e o crescimento indica maior eficiência das polícias Civil e Militar para apreender drogas e prender traficantes.

Foram retiradas 46 armas de fogo ilegais das ruas na região de São José do Rio Preto em novembro. O número é 9,52% maior em relação às 42 ocorrências registradas no ano passado.