terça-feira, 1 de dezembro de 2015

12 são atuados por embriaguez ao volante em operação

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br                     Foto: Renan Contrera/Acervo

12 foram autuados por embriaguez ao volante
Na noite da ultima sexta-feira, 27 novembro, foi realizada a Operação Direção Segura, envolvendo diversos órgãos da Secretaria de Segurança Publica do Estado de São Paulo. Na qual cerca de 130 condutores foram submetidos ao teste do bafômetro, mas somente 12 autuados. Em junho esta mesma operação foi realizada e 11 condutores foram atuados por embriaguez ao volante.

A Operação Direção Segura foi realizada pela segunda vez em Tanabi na ultima sexta-feira, 27, na Avenida Bechara Nazar Fange, autuando 12 condutores por dirigirem embriagados. No total 138 condutores foram submetidos ao teste do bafômetro. Seis condutores foram autuados por embriaguez ao volante e multados no valor de R$1.915,40 e responderam a processo junto ao Detran e tiveram a habilitação suspensa por 12 meses.

Desses condutores dois irão responder na Justiça por crime de trânsito, além das penalidades citadas anteriormente. Esses condutores apresentaram índice de embriaguez acima de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no bafômetro. A Lei Seca prevê para este tipo de crime se os condutores forem condenados irão cumprir pena de seis meses a três anos de prisão.

Já os outros seis condutores foram autuados por recusarem a realizar o teste do bafômetro e receberam as mesmas penalidades do que os outros.

OPERAÇÃO DIREÇÃO SEGURA

Esta operação ocorre desde 2010 no Estado de São Paulo e agora esta tomando força no interior. E conta com a participação do Detran, Policia Militar, Policia Civil, Corpo de Bombeiros, Policia Técnica-Cientifica. No local onde é realizada a operação todo um esquema de segurança é formado contando com presença de um Delegado e até um médico legista.

E a operação visa proteger a vida que é o maior bem do cidadão, e um condutor embriagado oferece risco a ele e a sociedade de um modo geral.


Fonte: g1.com/riopreto