quarta-feira, 31 de outubro de 2012

“OPERAÇÃO FINADOS - 2012”

Renan Contrera 
renancontrera@hotmail.com
Fotos: Divulgação/Cprv 

Em razão do período de feriado de finados que se aproxima, que por ser uma sexta feira (02Nov12), é previsível um aumento movimento de veículos nas rodovias de nossa região, a 3ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária, com sede em São José do Rio Preto/SP, responsável por uma área de atuação de 1633 quilômetros de rodovias em nossa região, contemplando cerca de 84 municípios, à partir das 14:00 horas do dia 01Nov12 até ás 23h59min do dia 04Nov12, com o objetivo de assegurar aos cidadãos usuários das rodovias sob circunscrição do Estado um trânsito em condições seguras, intensificará o policiamento nas rodovias estaduais da região, por meio da “Finados - 2012”.
Com foco para a proteção à vida e a integridade física das pessoas, serão desenvolvidas ações de fiscalização por meio do controle de velocidade, “cavalo de aço” (específica para motocicletas), fiscalização de embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, uso do cinto de segurança e dispositivo de retenção para crianças, deixar de sinalizar manobras de mudança de direção (seta) e distância de segurança, além da prevenção de roubos e combate ao tráfico de drogas e armas. 
O reforço do policiamento far-se-á com a presença ostensiva do policiamento rodoviário ao longo das rodovias, contando para tanto com o efetivo administrativo e operacional extra de folga.
As ações desenvolvidas pela 3ª Companhia de Policiamento Rodoviário têm como prioridade a proteção à vida, a integridade física e a fluidez do trânsito.
Destacamos também a “Operação Visibilidade”, que tem como objetivo intensificar a ostensividade do policiamento de forma que a presença maciça dos Policiais iniba a prática de infrações de trânsito, através da presença de viaturas nos pontos críticos que possam influenciar na segurança e fluidez do trânsito, proporcionando aos usuários das rodovias, um trânsito em condições seguras.
Durante o período, equipes de policiamento estarão dispostas nas Rodovias Euclides da Cunha (SP 320), Washington Luis (SP 310), Feliciano Sales Cunha (SP 310), Assis Chateaubriand (SP 425), Roberto Mario Peroza (SP 379), Pericles Belini (SP 461), Elyeser Montenegro Magalhães (SP 463), entre outras, atentas a identificar condutores sob efeito de bebida alcoólica e agir preventivamente na retirada de circulação de condutores potenciais de risco à segurança do trânsito.


DICAS DE SEGURANÇA

·      Manutenção preventiva do veículo;
·      Verificar sistema de iluminação veicular (dianteiro e traseiro, luz de freio e de marcha ré e de indicação de mudança de direção (seta);
·      Conferir a documentação pessoal e do veículo, verificando se os documentos de porte obrigatório encontram-se devidamente regularizados;
·      Utilização do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo, com atenção especial para o transporte de crianças;
·      Respeito aos limites de velocidade;
·      Não dirigir falando ao celular (conduta costumeira dos motoristas);
·      Recomenda-se acionar os faróis do veículo durante o dia para manter maior visibilidade do veículo;
·      Os motociclistas devem utilizar o capacete de segurança de forma correta: devidamente ajustado através da jugular, com viseira na posição correta ou óculos de proteção que atenda aos requisitos exigidos pelo CONTRAN).
·      As crianças com idade inferior a dez (10) anos devem ser transportadas no banco traseiro e usar individualmente o cinto de segurança ou sistema de retenção equivalente, de acordo com a idade da criança.

Os patrulheiros rodoviários estarão dispostos ao longo da malha rodoviária e nas Bases Operacionais, sempre prontos para atender e auxiliar a os motoristas.

Fonte: Policia Militar Rodoviaria Estadual | Base São Jose do Rio Preto 

domingo, 28 de outubro de 2012

Novos pilotos da Esquadrilha da Fumaça começam treinamento

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
                                                                   Fotos: Ten Cocate 

Primeiro voo do Ten CapuchinhoDois novos pilotos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) já começaram seus primeiros treinamentos com as aeronaves T-27 Tucano. Recém-chegados na sede da Esquadrilha da Fumaça em Pirassununga, o Capitão Daniel Garcia Pereira e o Tenente Thiago Romeiro Capuchinho estão participando de voos de readaptação que incluem novidades referentes ao voo, treinamento de emergências simuladas específicas para o EDA e voos em formação com aeronaves. “Nesta semana, começam os treinamentos de voo invertido, ou seja, com a aeronave de cabeça para baixo”, explica o tenente. Ambos eram instrutores do Esquadrão Joker, do Segundo Esquadrão do Quinto Grupo de Aviação, na Base Aérea de Natal (BANT). 

“A sensação foi indescritível. Participar da Esquadrilha é realizar um sonho”, disse, após fazer seu primeiro voo, o Tenente Capuchinho, novo piloto número 2 da Esquadrilha da Fumaça. “O instrutor do meu primeiro voo no EDA foi meu primeiro instrutor, também, na carreira da aviação, quando eu era cadete em 2005.”

Ao lado de seu instrutor no primeiro voo, na manhã de quarta-feira (17/10), o Capitão Garcia, novo piloto número 6, recebeu as informações sobre as manobras realizadas pela Esquadrilha nas demonstrações. “É espetacular voar com a Esquadrilha. Fiquei muito emocionado ao receber a ligação da equipe do EDA, falando que eu era o novo piloto. Estou achando sensacionais as novas experiências”.


Fonte: EDA

Fumaça recebe mais duas integrantes

Renan Contrera 
renancontrera@homail.com


Tem gente nova na equipe! Desde setembro, a Esquadrilha da Fumaça passou a contar com mais duas oficiais de comunicação social: a Tenente Jornalista Flávia Medeiros Cocate e a Tenente Publicitária Quelli Costa de Souza.
As oficiais têm formação superior na área e ingressaram na Força Aérea Brasileira (FAB) por meio de concurso público para o Quadro Complementar de Oficiais da Aeronáutica. Foram aprovadas no processo seletivo e realizaram um estágio de três meses no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte/MG. Após a conclusão do curso, foram nomeadas 2º Tenentes e designadas a servirem no Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), em suas respectivas especialidades.
A Ten Cocate nos contou que desde criança não perdia uma demonstração em sua cidade natal, Ubá/MG, e que sempre se emocionava com as apresentações. "Após cinco tentativas de passar no concurso, consegui realizar meu sonho de ingressar na FAB e o destino fez com que eu fosse classificada para a vaga de jornalista da Fumaça" – disse.
"Fiquei feliz quando soube que minha vaga era para o EDA e quando cheguei aqui fui muito bem acolhida por todos! Espero contribuir na minha área de atuação, fazendo com que a Esquadrilha se torne mais conhecida do que já é" – conta a publicitária Ten Quelli.
O ingresso das duas novas fumaceiras vem aperfeiçoar o trabalho da Seção de Comunicação Social da Esquadrilha que já contava com uma oficial de Relações Públicas. As atividades, como assessoria de imprensa, produção de material institucional, publicação de notícias, entre outras, ganham agora profissionais especializadas que irão contribuir com a missão da Fumaça de divulgar o trabalho da FAB.
                           Fotos: Divulgação/EDA 
Ten Quelli e Ten Cocate
Ten PUB Quelli
Ten JOR Cocate

Fumaça faz primeiro voo com seu novo avião A-29 Super Tucano

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Fotos: Tenente Cocate e Suboficial J. Loureiro

O primeiro voo de uma das unidades da aeronave A-29 Super Tucano, recebidas pelo Esquadrilha da Fumaça, aconteceu no dia 3 de outubro, em sua sede, em Pirassununga/SP.
O Tenente Coronel Wagner Esteves, líder da equipe, e o Capitão Marcelo Silva, #2, decolaram às 15h30 e, na área de treinamento específica da Fumaça, realizaram um voo de quarenta e cinco minutos, com o objetivo principal de adaptação e ganho de experiência no novo equipamento.
“É um desafio e uma satisfação pessoal muito grande participar deste momento que é o começo de uma nova fase na história da Força Aérea Brasileira” – comentou o Cap Marcelo, após o pouso.
No dia 1º de outubro, chegaram à Esquadrilha as duas primeiras aeronaves A-29, marcando o início do processo de substituição dos T-27 Tucano, atualmente voados nas demonstrações da equipe. Toda essa transição está sendo rigorosamente planejada e estudada pelos militares de todas as especialidades envolvidas, como pilotos e mecânicos. O representante técnico, José Roberto Kelly, da Empresa Brasileira de Aeronáutica – Embraer – fabricante da aeronave, está em sede para acompanhar e apoiar a implantação, dando auxílio técnico de manutenção e logística de material.
Cap Marcelo e Ten Cel Esteves após o pouso

Esquadrilha da Fumaça tem nova aeronave.

Renan Contrera 
renancontrera@hotmail.com
Fotos: Agencia Força Aérea/ Sgt Resende 
A-29 chegam ao EDA acompanhados pelos T-27

O Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) mas conhecida popularmente como Esquadrilha da Fumaça uns dos meios de comunicação social da Força Aérea Brasileira recebeu no começo do més de Outubro na Academia da Força Aérea (AFA) em Pirassununga interior de São Paulo. Os novos aviões A-29 Super Tucano fabricados pela Embraer tem mais que o dobro de potencia dos T-27 Tucano que também fabricado pela Embraer, hoje equipa o EDA. Haverá mudanças nas apresentações, inclusive com a volta do manobra conhecida como "Lancevack", quando o avião faz uma série de "cambalhotas" rápidas para a frente.


"É com um misto de júbilo e saudosismo que testemunhamos o T-27 Tucano passar a liderança do voo para o A-29 Super Tucano. Pousa o ágil bailarino e decola o destro guerreiro. Essa mudança é um marco na história", afirmou o Major-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araújo, Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, durante a cerimônia de entrega. Os demais aviões devem chegar em 2013.

Umas das principais diferenças entre as aeronaves são a velocidade. Enquanto o Tucano atinge 518 Km/h o Super Tucano vai até 590 Km/h."Existe uma considerável margem de manobra entre as velocidades recomendadas pelo fabricante e aquela na qual a aeronave poderá iniciar uma sequência acrobática, com uma significativa reserva de energia", analisa o Comandante da Esquadrilha, Tenente-Coronel-Aviador Wagner de Almeida Esteves. Traduzindo: as manobras vão ser mais velozes e poderão acontecer com um intervalo ainda menor, com mais intensidade.


A Fumaça vai deixar de operar o treinador, utilizado na instrução dos futuros aviadores no Brasil, para adotar um caça, o mesmo que faz a vigilância das fronteiras do país.


O Super Tucano voa pela Força Aérea Brasileira desde 2005 com a missão de formar os futuros pilotos de combate, bem como para missões de ataque e de interceptação de aeronaves de baixo desempenho. Com aviões desse tipo a FAB já destruiu pistas clandestinas na região amazônica e forçou aeronaves de narcotraficantes a pousarem após tiros de aviso. Além do Brasil, o modelo já foi exportado para oito países e participa de uma concorrência para equipar a USAF, a Força Aérea dos Estados Unidos.
Para o Coronel Esteves, além de substituir os Tucanos que já completaram 29 anos de uso, essa chegada é um marco para a própria indústria aeronáutica brasileira. "O EDA equipado com o A-29 irá incrementar a missão de fortalecer a imagem da indústria aeronáutica nacional, voando uma aeronave ainda em produção pela Embraer e com um vasto mercado a ser explorado", explica. Anualmente, a Fumaça participa de apresentações em outros países da Europa e América do Norte, Central e Sul. Só em 2012 foram visitadas Argentina, Bolívia e Chile.
No esquadrão, os A-29 vão receber um esquema de pintura especial e podem passar ainda por modificações para reduzir o peso, como a retirada dos canhões, cofres de munição e suportes para armamentos. Mas será mantido o conjunto de equipamentos eletrônicos que tornam o voo no Super Tucano mais seguro e confortável, como as telas multifunção e os sistemas de navegação e comunicação atualizados.
A turbina PT6A-68C, com 1.600 shp de potência, tem ainda um controle digital que dá maior segurança para o tipo de voo da do EDA, quando os pilotos aumentam e reduzem a força do motor muitas vezes e com grande velocidade. Essas inovações frente aos antigos T-27 vão facilitar também os traslados sobre oceanos e regiões como a Amazônia e a Cordilheira dos Andes, cenários que não são estranhos para a Esquadrilha da Fumaça.


Pintura prevista para o A-29 da Esquadrilha
Implantação
Em 2013, acontecerá a formação de pilotos e mecânicos e também serão recebidas as demais aeronaves. O objetivo é que, a partir de 2014, o EDA possa realizar toda a formação do seu efetivo na pilotagem e manutenção do A-29.
Os preparativos para o recebimento dos Super Tucanos, no entanto, já começaram no início deste ano. Seis pilotos e 12 mecânicos do EDA foram até Natal (RN), onde receberam instrução no caça no Esquadrão Joker (2º/5º GAV), unidade da FAB responsável pela formação de pilotos de combate.
Com um instrutor na cabine, os aviadores da Esquadrilha aprenderam a voar no Super Tucano para em seguida testar as manobras das apresentações. "O avião adaptou-se bem a nossa missão. Porém, com muito treinamento, a Fumaça vai colocar estas acrobacias em sequência e a baixa altura", explica o Major-Aviador Alexandre Ribeiro (veja entrevista abaixo).
Quatro aviões são do modelo A-29B, para dois pilotos, e já servirão para a readaptação dos aviadores que passaram pelo treinamento em Natal. Os outros oito A-29 serão da versão A, para um piloto. Outra novidade é que no futuro a Esquadrilha da Fumaça deverá receber um avião de transporte para voos de apoio, como o transporte de mecânicos e suprimentos.
Com 60 anos, o Esquadrão de Demonstração Aérea já voou aviões T-6, T-24 e T-25, além dos T-27 Tucanos recebidos em 1983. Em 2002, após uma parada de dois anos para revisão das aeronaves, a Esquadrilha substituiu o antigo esquema de cores em vermelho e branco por um novo que utiliza as cores da bandeira do Brasil. A chegada dos A-29 também coincide com o fim da vida útil dos Tucanos, após aproximadamente de 2.300 demonstrações com esse tipo de aeronave.
Gráfico Comparativo
T-27 Tucano X A-29 Super Tucano
Fabricante: Embraer / Embraer
Emprego: Treinamento / Caça, ataque e treinamento
Motor: Turboélice Pratt & Whitney PT6A-25C de 750 Shp / 1 turboélice Pratt & Whitney Canada PT6A-68C de 1.600 shp de potência
Envergadura: 11,14 m / 11,14 m
Comprimento: 9,86 m / 11,30 m
Altura: 3,40 m / 3,97 m
Peso vazio: 1.810 Kg / 3.200 kg
Peso máximo: 3.175 Kg / 5.400 kg
Velocidade máxima: 518 Km/h / 590 km/h
Altitude máxima: 9.936 m / 10.665 m

ENTREVISTA - Manobras foram testadas com sucesso em Natal, no ano passado
No passado, pilotos da Esquadrilha da Fumaça testaram com êxito todas as manobras acrobáticas na aeronave A-29 Super Tucano. O Major-Aviador Alexandre Ribeiro, oficial da operações da unidade, participou dessa preparação. Leia entrevista:
Agência Força Aérea - Dá para comparar o Tucano com o Super Tucano?
Major-Aviador Alexandre Ribeiro - O T-27 é mais leve que o A-29 e por isso é mais "dócil" para pilotar. Porém, o A-29 apresenta uma grande superioridade de potência, além da aviônica de ponta. Estas duas características ajudarão sobremaneira a pilotagem do Super Tucano na "Esquadrilha da Fumaça".
Agência Força Aérea - A apresentação vai ser a mesma?
Major-Aviador Alexandre - Durante a avaliação do A-29 em Natal foram realizadas com sucesso todas as manobras do atual "display" de demonstração do EDA. Sobre as novas manobras já posso afirmar que o Super Tucano é capaz de proporcionar a volta do nosso famoso Lancevak.
Agência Força Aérea - E a segurança?
Major-Aviador Alexandre - Sempre procuramos mais segurança e este avião possuí um moderno sistema de avisos que facilita a ação do piloto durante o gerenciamento de alguma pane. Outro item que muito nos agradou foi o "horizonte artificial" apresentado no display na altura de visão do piloto (“head up display”). Para as acrobacias há a necessidade de se visualizar o horizonte para "desenharmos o céu", mas nem sempre o céu esta azul ou o horizonte é de fácil definição como num dia nublado num horizonte montanhoso. No A-29 o "horizonte" esta lá, mesmo nestes dias e lugares!
Agência Força Aérea - O que significa esse momento de transição?
Major-Aviador Alexandre - Vida longa ao EDA.
Fonte: Agência Força Aérea

domingo, 21 de outubro de 2012

FAB transporta órgãos que foram transplantados em cinco pessoas

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

Foto: 2T Lorena/ VII COMAR 

Órgãos sendo retirados da aeronaveO Esquadrão Cobra (7⁰ ETA), localizado em Manaus (AM), levou esperança para cinco pessoas no sábado (06/10) quando uma aeronave C-97 Brasília foi acionada para transportar dois rins, duas córneas e um fígado de Rio Branco (AC) para Brasília.
A tripulação voou durante 7h30 para cumprir a missão de ajudar a salvar vidas. De acordo com o Tenente-Aviador Nicolas Smith, a principal particularidade desse tipo de missão é a luta contra o tempo. “Quando transportamos órgãos, cada minuto é importante", afirma.
Segundo a coordenadora da Central Estadual de Transplantes, Regiane Ferrari, os principais desafios para a doação de órgãos é o tempo e a superação das dificuldades logísticas.  “Quando a gente consegue um doador, enfrentamos dificuldades para transportar os órgãos em tempo hábil", diz a coordenadora.
O cirurgião de transplante que acompanhou a equipe de Rio Branco para Brasília, Leonardo Mota, explicou algumas das dificuldades encontradas para que as doações de órgãos sejam concluídas. “Em alguns locais, o sistema de transplantes é pouco desenvolvido e precisamos enviar os órgãos para outros estados. Nesse contexto, encontramos um grande problema, pois o Brasil tem grande extensão territorial e alguns órgãos precisam ser transplantados em pouco tempo, como o fígado, que aguenta apenas doze horas”, informou.


Fonte: VII COMAR

Estado-Maior da Aeronáutica celebra 71 anos

Renan Contrera 
renancontrera@hotmail.com

Foto: Agencia Força Aérea/Sgt Simo 

EMAER celebra 71 anosO Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER) celebrou na quinta-feira (18/10), o 71º aniversário de criação. A solenidade, realizada em Brasília, no Comando da Aeronáutica, reuniu autoridades do Alto Comando da FAB, da Marinha e dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Participaram também do evento ex-chefes do órgão, além de adidos aeronáuticos.
Na cerimônia, o chefe do EMAER, Tenente-Brigadeiro do Ar Aprígio Eduardo de Moura Azevedo, ressaltou a relevância e o valor do órgão. “Esta instituição soube suplantar seus desafios, formulando políticas, construindo estratégias, emitindo orientações, assessorando com serenidade e convicção o Comandante da Aeronáutica”, afirmou o oficial-general.
Na solenidade houve o descerramento das placas em homenagem ao servidor civil, graduado e praça-padrão que trabalham no EMAER. Na ocasião, também foi entregue o título honorífico "Membro Honorário da Força Aérea Brasileira", destinado aos cidadãos que prestam cooperação às organizações do Comando da Aeronáutica. Além disso, foi realizada a imposição de medalhas por bons serviços prestados aos militares que completaram 50, 40, 30, 20 ou 10 anos de dedicação à Força Aérea Brasileira (FAB).
Homenagens - O Chefe do EMAER também ressaltou ainda a importância de todos os colaboradores. “Lidero um grupo especial de profissionais que, em sinérgica união, dão vida e animam com infinita energia o instigante ambiente de trabalho a que nos dedicamos com irrestrita devoção”, afirmou.


Fonte: CECOMSAER

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Policia Militar de Tanabi aprende entorpecentes em nossa cidade.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

A Policia Militar de Tanabi fez apreensão de Trafico de Entorpecente em nossa cidade. Uma sendo no dia 10 de Outubro e a outra no dia 11 de Outubro.

No dia 10 de Outubro por volta das 09h30 na Rua Manoel Luiz dos Santos Jd. Nova Tanabi. Em patrulhamento pelo bairro, a equipe se deparou com o individuo de iniciais A.M.S com 14 anos  em atitude suspeita, ao aproximar a viatura para abordagem o mesmo dispensou um plástico de cor branca e em seu interior estavam 05 papelotes e 02 invólucros aparentando ser entorpecentes, e durante a busca pessoal  foi encontrado entre os seus dedos 01 invólucro aparentando conter maconha no seu interior e no seu bolso lateral do short foi encontrado R$80,00 (oitenta reais) em espécie. Diante dos fatos o A.M.S foi conduzido e apresentado na Delegacia de Policia sendo acompanhado pela Conselheira Tutelar Sra. Aniria Nogueira, onde a Delegada Dra. Cristina Helena Spir Sant'Ana tomou ciência dos fatos e devido à reincidência do menor na infração criminal, elaborou o auto de apreensão de adolescente e demais providências.

Fotos: Policia Militar de Tanabi
Produtos apreendidos no dia 11 de Outubro.
No dia 11 de Outubro as 03h00 na Rua Projetadoa 17. Em patrulhamento pelo local, surpreenderam o individuo R.D com 27 anos batendo na janela de uma residência na Rua Projetada 17 ao ser abordado alegou que estava chamando um rapaz para trabalhar, mas na revista pessoal foi encontrado R$15,00 (quinze reais) na mão de R.D, neste momento G.A.O.S de 17 anos abril a janela e ao ver a equipe da Policia Militar fechou rapidamente a janela, os policiais se identificaram e deram ordem para o mesmo abrir a porta o que foi feito, com a chegada da outra equipe, foi iniciado uma vistoria na residencia, foi encontrado seis porções de uma substancia esverdeada aparentando ser maconha, pesando 0,008 Kg, debaixo do colchão, dentro de um urso de pelúcia cor bege, que estava ao lado da cama foi encontrado noventa e quatro pedras de uma substancia aparentando ser crack pesando 0,044 Kg, sobre a geladeira dentro de uma garrafa de café duas pedras de uma substancia aparentando ser crack pesando 0,049 Kg, dentro do guarda roupa em uma bolsa preta, na carteira do autor e dentro de um urso pochete marrom foram encontrados R$ 4,472 em papel moeda e noventa e oito reais e noventa e cinco centavos em moedas, somando um total de (R$ 4.570,95) em dinheiro. G.A.O.S confessou ser o proprietário da droga, que sua esposa tinha conhecimento de tudo, fato confirmado por A.C.A.B de 20 anos e que o dinheiro encontrado é proveniente da venda de drogas. Na residencia foi encontrado nove aparelhos celulares, duas correntes, duas pulseira de metal, uma presilha e um pingente dourado, produtos que provavelmente foram usados como troca por drogas. Foi apreendido no local uma toca ninja. Foi dado voz de prisão pelo Soldado Leonardo aos envolvidos, onde foram conduzidos e apresentados ao Plantão Policial, onde foi ratificado voz de prisão de flagrante delito a A.C.A.B e ao adolescente G.A.O.S por trafico de drogas e de R.D por uso de entorpecente. A.C.AB foi encaminhada a DIG de São José do Rio Preto, o adolescente foi encaminhado ao Fórum para Promotoria e R.D liberado.

Parabéns a todos os Policias Militares que participaram dessas duas ocorrências, tirando esse grande mal das ruas as Drogas. 

Fonte e Fotos: Policia Militar de Tanabi via Soldado PM Saraiva