terça-feira, 20 de agosto de 2013

O MD INICIOU A CAMPANHA EM COMEMORAÇÃO AOS TRÊS ANOS DO ESTADO-MAIOR CONJUNTO DAS FORÇAS ARMADAS (EMCFA).

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

O Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), criado pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, absorve todas as referências legais e atribuições impostas ao extinto Estado-Maior de Defesa.

O EMCFA é um órgão de assessoramento permanente do ministro de Estado da Defesa na direção superior das Forças Armadas, competindo-lhe elaborar o planejamento do emprego conjunto da Marinha, Exército e Aeronáutica. A instituição tem como atribuição, também, prestar apoio ao ministro quanto à atuação de forças brasileiras em operações de paz e auxiliar as ações da Defesa Civil.

Além de participar diretamente nos planejamentos e na coordenação das ações de emprego das Forças Armadas – quer em missões isoladas, quer em missões conjuntas, inclusive com a participação de outros órgãos da administração federal, estadual e/ou municipal –, o EMCFA é o órgão do Ministério da Defesa encarregado de promover a unificação doutrinária, estratégica e operacional das três Forças, buscando ao máximo possível a interoperabilidade entre elas.


O EMCFA, subordinado ao Ministério da Defesa (MD), tem suas competências e atribuições estabelecidas na Estrutura Regimental do MD, aprovada pelo Decreto nº 7.364, de 23 de novembro de 2010, e funciona no mesmo prédio da administração central do MD, localizado no bloco Q da Esplanada dos Ministérios.

Missão

Assessorar o ministro de Estado da Defesa na direção superior das Forças Armadas, objetivando a organização, o preparo e o emprego, com vistas ao cumprimento de sua destinação constitucional e de suas atribuições subsidiárias, tendo como metas o planejamento estratégico e o emprego conjunto das Forças Singulares.

Visão

Ser reconhecido pela sociedade brasileira e pela comunidade internacional como o órgão do Ministério da Defesa que coordena as operações militares e a atuação dos meios empregados pelas Forças Singulares nas ações de defesa civil, atuando em consonância com os Comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.