sexta-feira, 20 de setembro de 2013

F-X2: Boeing continua favorita em licitação no Brasil apesar de tensão com EUA

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

A decisão da presidente Dilma de adiar sua viagem aos Estados Unidos, no dia 23 de outubro, não terá um impacto na licitação para a escolha dos 36 caças da FAB, a Força Aérea Brasileira. O F-18 da Boeing continua sendo um dos favoritos à concorrência, lançada em 2008, e está na disputa com o Gripen, da sueca Saab.

F-18 Super Hornet

De acordo com o professor de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, Antonio Jorge, a Boeing perde prestígio junto à opinião pública depois da descoberta de que o governo americano espionava a presidente, seus assessores, e até mesmo a Petrobrás, mas esse fator não será determinante na escolha.