segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Gestão do Cel Telhada foi a "redenção" da Rota, diz Ferreira;.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com



Trabalho, firmeza, educação e legalidade. Foi com essas palavras que o coronel Paulo Adriano Telhada resumiu a sua gestão de dois anos e meio no comando do 1º Batalhão de Choque - Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). 
                                                                                                                         Fotos:Internet
Utilizando a farda de coronel pela primeira vez (pois era tenente-coronel), Telhada se despediu de seu batalhão em uma cerimônia, na tarde desta sexta-feira (18). Durante esse tempo no comando, houve aumento no número de prisões, apreensões de drogas e armas. “Coloquei novamente a ROTA no patamar de honra de onde nunca deveria ter saído”, disse o coronel em seu discurso. 
Ele contou sua trajetória na polícia, agradeceu seus familiares pelo apoio e chamou uma vítima de uma das ocorrências atendidas pelo batalhão para conceder um depoimento. No final, emocionado, Telhada se dirigiu aos soldados pela última vez e disse: “Rota! Missão dada, missão cumprida!”. 
Presente à cerimônia, o secretario da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, contou como foi a sua decisão de trazer novamente o então tenente-coronel para o comando do 1ºBPChq, depois de ter ficado quase 17 anos longe. E elogiou: “Ao coronel Telhada foi destinada uma missão e ele a cumpriu de forma exemplar, sempre dentro da legalidade”, disse Ferreira. 
Quanto aos números positivos de combate à criminalidade do 1º BPChq, o secretário os atribuiu ao bom desempenho de uma tropa organizada que sempre teve uma pronta resposta contra o crime organizado, e finalizou: "Esses dois anos e meio foram a redenção da ROTA”. 
Também estiveram presentes à solenidade a delegada geral adjunta, Ana Paula Batista Ramalho Soares, o subcomandante da PM, coronel Danilo Antão Fernandes, que representou o comandamte geral Álvaro Batista Camilo, que está em viagem, e o diretor do DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegado Jorge Carlos Carrasco.
A partir de amanhã (19), o major Walter Mendes Magalhães Junior passará a responder interinamente pelas Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota).
Vivian Goltl
Vídeos




Fonte:Secretaria de Segurança Publica do Estado de São Paulo