quarta-feira, 15 de agosto de 2012

ÁGATA 5 - FAB e ANAC constatam irregularidades em aeródromo de Santa Catarina

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
                                                                        Foto:ANAC/Juliana Tolfo
A Força Aérea Brasileira (FAB) e a Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) realizaram inspeção hoje nos aeródromos de Dionísio Cerqueira(SC) e Realeza (PR). A vistoria ocorreu dentro Operação Ágata 5. Os inspetores de aviação civil partiram de Maringá a bordo de um C-95 Bandeirante do Quinto Esquadrão de Transporte Aéreo. Eles checaram a infraestrutura dos locais.
Em Dionísio Cerqueira, apesar de não haver nenhuma aeronave no pátio, foram constatadas diversas irregularidades de infra-estrutura. “Vamos analisar a possibilidade de interdição do aeródromo”, afirma o inspetor da ANAC, Marcus Vinícius Gerlach. Segundo ele, havia mato alto ao redor da pista e sinais de que pessoas transitavam por ali. “Havia até uma trilha entre a vegetação”, lembra ele.
A inspetora de aviação civil da ANAC, Juliana Durgante Tolfo, que também é responsável pela fiscalização da infra-estrutura dos aeródromos, destaca que a cerca que impede a entrada de pessoas e animais na pista estava rompida em vários pontos. “Em alguns trechos, era possível verificar que ela foi derrubada”. Ela explica que também havia um buraco no acesso à pista.


Fonte: Agência Força Aérea