sábado, 13 de abril de 2013

Atividade Delegada chega a 17 municípios de São Paulo

Durante formatura de 199 mestres e doutores da PM, no Palácio dos Bandeirantes, o secretário da Segurança Pública assinou a parceria com 11 cidades do interior. Além disso, três municípios firmaram convênios com a SSP para a reforma de suas delegacias

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
                                                                     Foto:SSP/ Tayna Mendes 
Os convênios assinados por Grella
são de 11 cidades do interior
Vigente na Capital e em outras cinco cidades, o convênio da Atividade Delegada foi firmado pelo secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, com mais 11 municípios na manhã desta sexta-feira (12). Além disso, foram assinadas parcerias para a reforma das delegacias de três municípios do interior. Os convênios foram oficializados após a formatura de 199 mestres e doutores da Polícia Militar, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, zona sul da Capital.
Os prefeitos de Agudos, Everton Octaviani; de Cesário Lange, Ramiro de Campos; e de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio, aproveitaram o evento para assinar, junto com o comandante geral da PM, coronel Benedito Roberto Meira, a parceria que permite a policiais militares auxiliarem as cidades no patrulhamento, durante as horas de folga.
As outras cidades são Olímpia, Caraguatatuba, Votuporanga, Bady Bassit, Potirendaba, Ourinhos, Tanabi e Butirama. Iniciada pela Capital, em 2009, e implementada em Mogi das Cruzes, em 2011, outras quatro prefeituras firmaram o convênio neste ano - Andradina, São José do Rio Preto, Assis e Parapuã.
Além de aumentar o efetivo, a Atividade Delegada contribui para a redução da violência e melhora da segurança. "A ação beneficia os dois lados: a cidade, pois terá mais agentes nas suas atividades, e o Estado, pois o policial está atuando fardado, o que inibe possíveis crimes e aumenta a sensação de segurança da população", explicou Meira.
As atividades são compatíveis com as funções dos policiais e sempre definidas entre a SSP e cada cidade. Na Capital, por exemplo, além de atuarem no combate a comércios irregulares, os PMs passaram a fiscalizar casas noturnas, proteger patrimônios e equipamentos municipais e verificar o silêncio urbano.
Para o prefeito de Sorocaba, o convênio favorece, principalmente, a população. "Além de agir complementando as ações da prefeitura, a presença de mais policiais transmite maior segurança para população e impede muitos crimes", disse Pannunzio.
Mais de R$ 1 milhão investido em reforma de delegacias
Grella assinou ainda outro convênio, com as cidades de Riolândia, Cardoso e Cosmorama, para a reforma das delegacias dos municípios. Para as obras, o Governo do Estado investiu R$ 1.141.510,15.  
Totalizando R$ 303.674,88, sendo R$ 288.491,13 do Governo do Estado, o termo para reforma da Delegacia de Riolândia foi assinado pelo prefeito da cidade, Sávio Nogueira Franco Neto.
Em Cardoso, foram investidos pelo Estado R$ 429.138, dando um total de R$ 451.725 com os R$ 22.587 do município. O prefeito de Cosmorama, Claudinei Monteiro Gil, também firmou a parceria, que destina R$ 446.190,55 para a reforma da Delegacia, sendo R$ 423.881,02 vindos do Governo paulista.
"A reforma irá melhorar a cidade em vários aspectos. Uma delegacia reformada aumenta a sensação de segurança da população, além de melhorar o trabalho da própria polícia", disse o prefeito de Riolândia.