quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Forças Armadas treinam missões de busca e resgate em Florianópolis

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

Signatário de acordos internacionais de aviação, o Brasil é responsável por missões de busca e resgate em uma área de 22 milhões de Km², que envolve todo o território continental e tem a maior parte sobre o Atlântico Sul. Para realizar esta missão, dezenas de unidades da Marinha, do Exército e da Aeronáutica precisam atuar em conjunto, em uma integração que será treinada em Florianópolis (SC) entre os dias 16 e 27 setembro durante o exercício Carranca 2.
A Base Aérea de Florianópolis irá receber aviões P-3AM, C-130, SC-105 e P-95, além de helicópteros H-1H, para simular missões de busca e resgate. Mais que isso, a Carranca 2 inclui momentos para discussão sobre doutrinas, troca de experiências e coordenação entre os envolvidos.
A Marinha, por exemplo, é responsável pelo Salvamar, que atende aos casos envolvendo embarcações. Já o Exército possui tropas capazes de buscas por terra, além de seus próprios helicópteros. Já a Aeronáutica têm na sua estrutura os Salvaeros, que coordenam as buscas em caso de aeronaves desaparecidas, e também auxilia em busca por embarcações.
A Carranca 2 é organizada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).
Fonte: DECEA