quarta-feira, 25 de setembro de 2013

LAÇADOR - FAB realiza missão simulada com Comandos do Exército

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

A missão simulada na Operação Laçador era chegar ao local, atacar e destruir um suposto radar do inimigo na noite do Rio Grande do Sul. No cenário real, o objetivo do treinamento conjunto entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e o Exército Brasileiro foi trazer mais conhecimentos sobre o uso dos óculos de visão noturna (Night Vision Google – NVG) em cenários de conflito. Para a ação que terminou na madrugada desta sexta-feira (20/09), foram destacados militares do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS - PARASAR), pilotos do Esquadrão Pantera (5º/8º GAV), e uma equipe dos Comandos do Exército Brasileiro. Veja na reportagem:

A equipe embarcou nas aeronaves H-60 Black Hawk nesta quarta-feira (18/09), às 20h, na Base Aérea de Santa Maria (BASM), e foi levada a uma região distante 12 a 15 km do alvo no território do inimigo. A temperatura baixa no Sul, inferior a 10º C, não foi problema para os militares de Operações Especiais, treinados para cumprir missões com alto grau de dificuldade em situações extremas. 

“Os Comandos e o PARASAR têm formas diferentes de operar e a Operação Laçador é uma oportunidade para trocar informações, alinhar as doutrinas e a forma de agir nas missões reais”, disse um militar do PARASAR da missão.

Os helicópteros Black Hawk do Esquadrão Pantera atuam em exercícios militares e missões reais, como busca e resgate, transporte de tropas e ajuda humanitária. 

“Esta missão é uma experiência muito importante para os militares do nosso esquadrão e também para os outros envolvidos. Na teoria, seria fácil a coordenação dos esforços. Mas, na prática, nós vemos que existem dificuldades a serem superadas e temos de estar preparados para uma situação de guerra”, afirma um dos pilotos. 

A ação começou com o treinamento dos Comandos e do PARASAR no 29º Batalhão de Infantaria Blindada (29º BIB). Os Comandos realizaram um treinamento no campo de instrução da unidade militar no dia anterior ao ataque simulado. O exercício começou com a ação do caçador, que atingiu um alvo estratégico para que os demais militares atacassem o local. O objetivo principal de ações como estas é cercar, atacar e destruir o alvo inimigo.

A Operação Laçador é um exercício conjunto da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira, sob a coordenação do Ministério da Defesa. 

Sobre o NVG - O equipamento aumenta em até 50 mil vezes a luminosidade e aproveita a luz das estrelas para que os pilotos consigam realizar missões noturnas sem referências visuais.


Fonte: Agência Força Aérea