sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Pilotos da Esquadrilha da Fumaça se tornam instrutores do avião Super Tucano

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Fotos: Ten Cocate/EDA 
O “Curso de Formação de Instrutor da Aeronave A-29 Super Tucano” está acontecendo no Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) desde o dia 14.
O primeiro piloto a iniciar o curso foi o Major Marcelo Oliveira da Silva que teve como instrutor o Major Ubirajara Pereira Costa Júnior, também integrante da Esquadrilha. Para ele, “a formação é pré-requisito básico para que o piloto possa transmitir seus conhecimentos aos novos alunos que irão ingressar na Fumaça a partir de 2014”. Além do Major Marcelo, nos próximos dias, mais oito pilotos da Fumaça também vão realizar o curso. No Esquadrão, já existem três aviadores que ingressaram no EDA, em 2012, como instrutores de A-29 e que são responsáveis pela formação dos outros integrantes da equipe.
 Para se tornar instrutor, as etapas necessárias consistem em missões na nacele (cabine) traseira. São elas: adaptação diurna, voo noturno com o uso de instrumentos e participação no voo em formação com duas aeronaves. Após ter se tornado instrutor, o Major Marcelo explica a importância da iniciativa. “Para o EDA, trata-se de uma das etapas do processo de implantação do A-29. Todos os outros pilotos também serão formados pelo curso. Isso é a Fumaça ganhando as próprias asas; pois aqui o militar é aluno, piloto e instrutor ao mesmo tempo”. E conclui: “com o curso, ganhamos experiência, pois quando ensinamos, aprendemos também, sempre na busca pelo aperfeiçoamento. É uma satisfação muito grande ficar habilitado para ser professor dos novos integrantes da Esquadrilha”.

APOIO: