sexta-feira, 17 de abril de 2015

Alguns professores da rede estadual de ensino de Tanabi estão em greve

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br

Alguns professores da Escola Estadual Padre Fidélis estão em greve desde terça-feira 14 de abril. Professores da capital e de outras regiões do Estado estão em greve desde do mês passado. Hoje 17 de abril os professores estarão em assembleia na capital e em Tanabi em conselho de classe e se reunirão para ver se a greve continua em Tanabi.
Foto: Renan Contrera
As aulas serão repostas nos finais de semana provavelmente
comentou o diretor Fabio Henrique Barbosa
O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP), divulgou as reivindicações em uma carta aberta para a população que é melhores salários, melhores condições de trabalho, melhores condições de infraestrutura nas escolas e das condições de ensino-aprendizagem para os estudantes com bibliotecas, laboratórios, espaços multiuso e outras.

Mas a principal reivindicação é o aumento salarial, mudança na categoria, são contras a redução da maioridade penal e o projeto de lei da terceirização. "Aumento salarial que os professores estão reivindicando e também uma mudança na categoria O que ele tem um período de quarentena que ele não pode trabalhar que querem tirar isso mudando ou reduzir o tempo", relatou Fabio Henrique Barbosa, diretor da Escola Padre Fidélis.

Cerca de 70% dos professores aderiram a greve, os alunos que forem ate a escola terá aula normal por aqueles professores que não aderiram, "70% dos professores pararam os outros 30% estão vindo cumprindo horário, o aluno que vem aqui ele sobe na sala com professor" disse Fabio.

As aulas serão repostas em datas a serem marcas que provavelmente ocorram nos finais de semana ou em julho, não foi colocado substituto no lugar dos professores que aderiram a paralisação.

"A greve não tem período pra acaba na verdade só quando ele negocia chega num acordo que a greve para, mas os professores estão falando que não vão ficar muito tempo, intendi que vão parar essa semana em apoio pro pessoal da capital que está parado bem mais tempo, acredito que semana que vem já volta tudo ao normal" disse Fabio sobre o tempo que os professores ficaram em greve em Tanabi.

Nesta sexta-feira os professores estarão realizando o conselho de classe e vendo se a greve irá continuar em Tanabi. Na capital os professores estarão realizando uma assembleia para verem se continua ou para com a greve.