quarta-feira, 8 de março de 2017

Vereadores pediram urgência e projetos foram votados e aprovados na sessão da ultima segunda, 06

Renan Contrera

O Executivo tanabiense enviou 06 projetos de leis para a Câmara Municipal onde foram lidos e encaminhados as comissões, mas dois projetos foram votados com urgência após pedido dos vereadores. E assim uma sessão extraordinária foi realizada onde esses projetos foram aprovados em segunda leitura e discussão.
                                                                Foto: Renan Contrera
Ao todo a pauta da quinta sessão ordinária tinha 06 projetos de lei para leitura e encaminhamento às comissões, 01 projeto de resolução para primeira discussão e votação, 01 projeto de lei para primeira discussão e votação, 07 requerimentos, 15 indicações.

No projeto de lei 015 onde o Executivo pede autorização para abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 245.850,00 (duzentos e quarenta e cinco mil e oitocentos e cinquenta reais) para obras de recapeamento asfáltico, o dinheiro para esta obra é de um convênio com o Governo Federal através do Ministério das Cidades. Este projeto foi lido e encaminhado às comissões.

O projeto de lei 016/2017 pede autorização para abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais) para atender despesas de manutenção da Casa Lar. O projeto foi lido e encaminhado às comissões.

Quando o primeiro secretário, Rodrigo Bechara estava lendo o projeto de lei 017/2017 onde o Executivo fica autorizado a abrir crédito adicional especial no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais) destinado ao pagamento de auxílio financeiro aos agentes comunitários de saúde, agentes de endemias e supervisores de saúde, participantes da campanha “Todos Juntos Contra o Aedes Aegypti”, o vereador Fabricio Missena pediu urgência para a votação deste projeto, segundo o vereador, servidores estavam cobrando o edil sobre este dinheiro. O pedido de urgência foi votado e aprovado sendo lido o projeto e votado em primeira discussão e votação.

Com o projeto de lei 018/2017 que também pede autorização para abertura de crédito adicional especial no valor de R$40.000,00 (quarenta mil reais) destinado à atender despesas com a aquisição de materiais de consumo oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para atender as necessidades dos Centros Municipais de Educação Infantil. E o vereador Alexandre Bertolini – Xandão pediu urgência pediu urgência para a votação deste projeto, o pedido de urgência foi votado e aprovado sendo lido o projeto e votado em primeira discussão e votação.

O projeto de lei 019 também pede autorização para abertura de credito adicional especial no valor de R$200.000,00 (duzentos mil reais) para aquisição de equipamentos para diversos setores das Unidades Básicas de Saúde.

E no projeto de lei 020 denomina diversas ruas do Bairro Residencial Jardim Primavera que são prolongamentos das ruas do Conjunto Residencial Ary Terra Sóssio, pois segundo a exposição de motivos os proprietários dos imóveis estão com dificuldades em conseguir instalação de energia elétrica e financiamento para construção. Projeto lido e encaminhado às comissões.

Requerimentos
Através dos requerimentos 016 ao 022 os vereadores Fabricio Missena, Marcos Paulo Mazza e Rose de Paula pediram informações sobre as portarias de nomeação de cargos de confiança; copias de contratos de locação; sobre aula de musica na grade municipal de ensino; informações sobre o projeto Tanabi Cultural; memorial descritivo da construção da Creche localizada no Bairro Machado II; copias de contratos entre o Municipio e empresa GG Pereira e projeto da obra de abertura de avenida no Bairro São Judas.

Extraordinária

Foi realizada uma sessão extraordinária onde os projetos de leis 017 e 018 fossem aprovados em segunda e ultima discussão.