quarta-feira, 26 de abril de 2017

Palestra sobre doação de medula será realizada na cidade

Renan Contrera
Fotos: Divulgação/Batalha pela Vida
Capitão Anderson em Ibiporanga explicando
 sobre a doação
Na quinta-feira, 27 a Câmara Municipal de Tanabi será palco para a palestra sobre a doação de medula. A palestra é importante para tirar duvidas em relação à doação, onde muitas pessoas confundem com a medula espinhal do sistema nervoso. A região esta mobilizada pelo caso da Rafaela de 10 anos moradora de Ibiporanga que foi diagnosticada com leucemia.

A região de São Jose do Rio Preto conta com a campanha “Doar é legal – Batalha pela Vida” desenvolvida pela a Policia Militar, onde teve inicio após o oficial Capitão Anderson Nunes ter sido diagnosticado com leucemia, ter vivenciado e vencido uma batalha pessoal contra a leucemia. Nunes percebeu as dificuldades e a enorme desinformação a respeito da doação da medula óssea, dos quais o transplante é a solução para muitas enfermidades e alimenta a esperança de milhares de famílias no mundo inteiro.

“A campanha nasceu na necessidade de esclarecer a população e quebrar os mitos (mentiras) sobre cadastro e doação de medula óssea, sempre que se fala sobre o tema 99,9% das pessoas imaginam que vão enfiar uma agulha na espinha, isso é mentira, confundem medula espinhal do sistema nervoso, com medula óssea pela veio do braço, como se fosse uma doação de sangue ou plaquetas, inclusive a maquina é a mesma, técnica conhecida como aférese”, disse Capitão PM Anderson Nunes.

E na próxima quinta-feira, 27 Nunes estará em Tanabi na Câmara Municipal para realizar uma palestra para tirar conscientização sobre a doação de sangue e medula óssea. “Na palestra eu falo sobre cadastro e transplante de medula, conto o momento em que recebi o diagnóstico e aproveito para falar sobre as características das doenças que afetam o sangue, depois é exibido um vídeo com testemunho de pessoas que precisam de receber o transplante, que receberam e que doaram”, conta.
Uma grande mobilização esta sendo feita a procura de doador compatível com a Rafaela que tem 10 anos e foi diagnosticada com leucemia. Diversas mobilizações estão sendo feitas na região em busca de um doador compatível com Rafaela.

A campanha teve inicio em 2015
Familiares percebeu que a Rafaela tinha perdido o apetite, e os pais foram até ao médico e após exames receberam a noticia que Rafaela estava com leucemia.

A campanha “Batalha pela Vida” teve inicio em 2015 e tem gerado um belo resultado ao Hemocentro de São Jose do Rio Preto, onde segundo dados publicados em matéria  no jornal Diário da Região do dia, 19 deste mês para falar do caso da Rafaela, em 2016 foram feitos 6.586 cadastros, tendo um aumento de 2.352 em 2015 (4.234).

O Capitão Anderson Nunes desde 2015 quando a campanha começou visita empresas, igrejas e escolas para explicar e incentivar o cadastro e a doação.

Mais informações
Uma pagina (A Rafinha precisa de você) foi criada para ajudar na procura do doador de medula para Rafaela, na pagina além das informações de mobilizações, tem vídeos de personalidades reforçando o convite para as pessoas procurarem um hemocentro mais próximo para fazer o cadastro e assim salvar uma vida.

A campanha “Batalha pela Vida” conta com um site explicando sobre a leucemia, doação, quem pode doar. E ainda conta com uma pagina no facebook.