domingo, 11 de dezembro de 2011

Cachorra de 6 meses foi espancada em Tanabi.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com


Ontem (10 de dezembro), Tanabi foi surpreendido por um fato que a Apata que é a Associação Protetora de Animais de Tanabi que na qual é presidida por Fábia Mazza que teve de socorrer.


A Fábia recebeu um telefonema por volta das quatros horas da tarde de Ana Maria, para a Apata estarem socorrendo uma cachorra SRD mestiça de Boxer,que estava sendo espancada pelo seu dono Marcelo Massuia, de 18 anos de idade pois a cachorrinha tinha mordido o celular do mesmo.


                                                                            Fotos:Fábia Mazza Apata
Laica a cachorrinha que foi espancada ate perder parte do maxilar.
Segundo informações que estão num portal de noticias, que a mãe do autor implorou para que ele parasse com as agressões e o mesmo se recusou,e Laica o nome da cachorrinha foi levada para uma clinica veterinária e quando chegou foi logo atendida mas as noticias não eram boas.



Cachorro teve mandíbula quebrada (Foto: Divulgação / Fábia Mazza)
- Ela perdeu metade da mandíbula. Passou por uma cirurgia, está internada. A cena era chocante, ossos e dentes espalhados por toda a maca na clínica veterinária. Infelizmente, não foi possível colocar pino, nem nada. Ela vai ter que comer apenas comida pastosa daqui por diante.Diz Fábia.
Ainda de acordo com Fabia, Marcelo quer a cachorra de volta, mas ela diz que não pretende devolver. Laica está sob os cuidados da APATA, que ainda não sabe para onde ela será encaminhada. A presidente da associação diz que já houve muitos casos de maus tratos, mas que este “até hoje foi o pior”.
Na delegacia, foi feito um boletim de ocorrência que classificou o ato como contravenção. A advogada da associação entrou em contato com o delegado e conseguiu que Marcelo fosse enquadrado na lei 9605/98, artigo 32, ou seja, crime de maus tratos. Marcelo foi liberado e deve responder em liberdade.
Fonte:R7.com