segunda-feira, 2 de abril de 2012

Operação Direção Segura será intensificada na Páscoa.

Renan Contrera
renancontrera@hotmial.com


Foto:Amanda Claudino
Governador fez afirmação após entrega de 709 viaturas à Polícia Civil
Governador fez afirmação após
entrega de 709 viaturas à Polícia Civil

O governador Geraldo Alckmin afirmou nesta segunda-feira 02 de abril, que a operação Direção Segura, que fiscaliza motoristas que estejam embriagados, será intensificada no feriado de Páscoa. Na capital, serão 80 policiais e 40 viaturas, realizando cerca de 20 bloqueios por dia nas ruas da cidade, a partir de quarta-feira (4).
Segundo o governador, a decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) de usar apenas o teste do bafômetro e o exame de sangue para comprovar que o motorista dirigiu alcoolizado não altera o trabalho da polícia nas blitze da lei seca. “Não alterou em nada. Se a pessoa não quiser fazer o bafômetro, ela é levada à delegacia.”
Geraldo Alckmin ainda explicou que com a queda dos homicídios no Estado, os acidentes de trânsito passaram a ser o maior causador de vítimas fatais, dentre as chamadas ‘causas externas’, que não envolvem doenças.
O secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, reforçou a afirmação do governador. “Independente dessa decisão do Supremo, entendemos que o trabalho da polícia deve continuar para coibir excessos e embriaguez ao volante. Vamos continuar intensificando essas operações”, disse.
Balanço
Na última semana, quando saiu a decisão do STF, policiais militares do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) submeteram 6.527 motoristas ao teste do bafômetro em 66 pontos de bloqueio nas ruas da capital, da última segunda-feira (26) até domingo (1º). Destes, 332 foram reprovados e 43 apresentavam concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 decigramas – 5,74% do total.

Fonte: Secretaria de Segurança Publica de São Paulo
Autoria da Matéria: Guilherme Uchoa