segunda-feira, 2 de abril de 2012

Governador entrega 709 viaturas para a Polícia Civil de SP

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com



O governador Geraldo Alckmin entregou 709 viaturas para a Polícia Civil, em cerimônia realizada na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, na zona oeste da capital, às 10h30 desta segunda-feira (2). O secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, também participou da entrega. No total, foram investidos R$ 36,8 milhões. As viaturas serão distribuídas para todas as regiões e departamentos da Polícia Civil no Estado.
Fotos:Amanda Claudino
Na solenidade, 132 Blazers caracterizadas, de um total de 300 compradas, foram levadas à praça Charles Miller
Na solenidade, 132 Blazers caracterizadas,
de um total de 300 compradas,
foram levadas à praça Charles Miller
Das 709 viaturas, 409 são descaracterizadas, usadas para o trabalho investigativo e sem os grafismos característicos da polícia. Segundo o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro Lima, o aumento do uso de viaturas ‘à paisana’ é uma tendência a ser seguida. “As caracterizadas serão exceção na Polícia Civil, pois a polícia que faz investigação não precisa ficar ostensiva. Quem tem que ficar ostensiva é a Polícia Militar”, explicou o delegado.
Antonio Ferreira Pinto corroborou o discurso do delegado-geral. “O trabalho da Polícia Civil é, basicamente, de investigação, e essa investigação deve ser feita com a maior reserva possível, com infiltração. Isso só é possível com viaturas descaracterizadas.”
O secretário da Segurança Pública citou dois casos recentes de prisões realizadas pela Polícia Civil em outros estados para exemplificar a importância da investigação: a prisão de uma mulher em Curitiba (PR), no dia 9 de março, que fazia parte da ‘gangue das loiras’, especializada em sequestros relâmpagos na capital, e a localização no Rio de Janeiro do líder de uma quadrilha especializada em arrastões em condomínios.
Na solenidade, 132 Blazers caracterizadas, de um total de 300 compradas, foram levadas à praça Charles Miller. O restante já está nas delegacias. O uso das viaturas na Polícia Civil é voltado às atividades de polícia judiciária (investigação). Os recursos foram divididos com base em uma planilha de distribuição.
Na solenidade, 132 Blazers caracterizadas, de um total de 300 compradas, foram levadas à praça Charles Miller
Para as delegacias da capital, irão 202 viaturas; para a Grande São Paulo, 80; para o interior, serão destinadas 296 viaturas; 35 serão do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa); 30 do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais); 20 do Denarc (Departamento de Investigações sobre Narcóticos), dez do Dird (Departamento de Investigação e Registros Diversos), oito do DAP (Departamento de Administração de Planejamento), dez do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania) e duas irão para a Acadepol (Academia de Polícia Civil). Além dessas, 16 ficarão sob reserva estratégica da Delegacia Geral de Polícia, aguardando possíveis reposições.

A região de São José dos Campos e o Litoral Norte receberão 30 viaturas; a região de Campinas, 37; a de Ribeirão Preto, 37; a de Bauru, 30; a de São José do Rio Preto, 35; a Baixada Santista e o Vale do Ribeira, 35; a região Sorocaba, 30; a de Presidente Prudente, 30; e a de Piracicaba, 32.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança Pública