segunda-feira, 14 de maio de 2012

60 ANOS – “A Esquadrilha é o Brasil nos céus do mundo”,diz integrante da formação original da Fumaça

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com


Fotos:Agencia Força Aérea/ Sgt Batista

Lembranças dos primeiros anos de manobras aéras, as dificuldades iniciais e o trabalho até chegada do reconhecimento internacional da Esquadrilha da Fumaça foram contados por quem viveu essa história. Único integrante vivo da formação original, de 1952, o Tenente-Coronel Aviador Cândido Martins Rosa veio à Academia da Força Aérea, em Pirassununga (SP), para participar do aniversário de 60 anos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA).

Destacando que sente orgulho de ter integrado a Fumaça, ele afirma que hoje a Esquadrilha tem uma missão muito maior que simplesmente levar alegria. Para o Tenente-Coronel, o EDA representa a nossa cultura.“A Esquadrilha é o Brasil nos céus do mundo e estou muito feliz em vê-la completando seis décadas porque fui um dos incentivadores da sua criação”.

O aviador lembra que as dificuldades iniciais foram superadas pela coragem e profissionalismo que até hoje são a marca registrada dos militares do EDA. “Nosso treinamento às vezes era perigoso. Quando inventávamos uma manobra nova, nós tínhamos que nos preparar, às vezes íamos com um pouco de receio, mas acabávamos conseguindo”.


Fazer parte dos 60 anos da Fumaça é motivo de orgulho não só para que está na reserva mas também para os que integram a formação atual do EDA. “É uma emoção muito grande não só para mim, mas para todos os outros pilotos, integrantes e ex-integrantes. São diversas gerações da Esquadrilha vendo o reconhecimento do público”, ressalta um dos atuais pilotos, Capitão Eduardo Maia Arantes.
 

Fonte: Agência Força Aérea