sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Escolas das Aeronautica ja começaram a receber seus novos alunos.

Renan Contrera 
renancontrera@hotmail.com
                                                                      Foto: SO BMA Urbano 
Alunos entrando na EEAR. 
No dia 20 de janeiro as escolas da Aeronautica como, Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), Escola Especialistas de Aeronautica (EEAR) e o Instituto Tecnológico de Aeronautica (ITA). Todos aprovados por meio de concurso seletivos para o incresso nas filheiras da Força Aérea Brasileira. Veja como foi a chegada dos novos alunos nas escolas.

Cerca de 700 jovens chegaram na EEAR em Guaratinguetá (SP), para estarem inicando o ano letivo. A escola forma sargentos especialistas para a Força Aérea.

Ja na Escola Preparatoria de Cadetes chegaram 180 novos estagiarios. Apos a entrenda simbólica pela portão das armas, os estagiários foram recebidos pelo Comandante da EPCAR Brigadeiro do Ar Waldeíso Ferreira Campos. A Cerimônia também contou com a passagem de duas aeronaves F-5 Tiger do 1º Grupo de Aviação de Caça da Base Aérea de Santa Cruz, pilotadas por ex-alunos que ingressaram em Barbacena no ano de 1999.
                                                     Foto: 2S QSS BFT Diego 
Momento da passagem dos caças F-5 

"A princípio, ficamos meio receosos, pois não conhecíamos a escola, hoje estamos mais tranquilos. Esperamos receber um filho preparado para enfrentar a vida", disse com orgulho Marcos Santos, pai de um dos alunos.

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) deu as boas-vindas aos alunos aprovados no vestibular, no dia 20 de janeiro. A recepção, que lotou o auditório Lacaz Neto, teve como objetivo promover a interação professor-aluno, bem como mobilizar os novos discentes para um maior engajamento nas atividades acadêmicas. Além disso, a atividade foi o momento em que os estudantes receberam instruções sobre o cotidiano dentro da instituição. Para Luiz Carlos Rossato, coordenador do processo seletivo, é importante receber bem os alunos. “Muitos estão vindo de longe, deixando a família e os amigos, para ingressar num mundo novo, que é a universidade”, frisa ele.

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), organização subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), é a instituição de nível universitário responsável por formar oficiais engenheiros para a FAB. Criado em 1950, oferece cursos de graduação em seis especialidades de engenharia: aeroespacial, aeronáutica, civil (aeronáutica), computação, mecânica (aeronáutica) e eletrônica. Concomitante às atividades acadêmicas, os discentes do ITA, logo ao ingressarem, são matriculados no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR-SJ), local onde recebem o treinamento militar necessário à preparação para o Oficialato. Após o segundo ano, o aluno tem a opção de escolher pela carreira militar. 
                                                  Foto: Ten Gabrielli 
ITA repciona alunos aprovados no vestibular


No último vestibular, realizado em 2012, 7.285 candidatos concorreram às 120 vagas ofertadas pela instituição, sendo o curso de Engenharia Aeronáutica o mais procurado. Os cursos de Engenharia oferecidos pelo ITA duram cinco anos. Os dois primeiros constituem o curso fundamental, com disciplinas comuns a todas a espacialidades, e os três últimos são voltados à área escolhida no momento do vestibular. A qualidade do ensino ofertado pela instituição é reconhecida nacionalmente. Em 2012, na última avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), realizado pelo Ministério da Educação (MEC), o ITA manteve-se posicionado entre as melhores instituições de ensino do país, ao obter o conceito máximo (5) na avaliação.


Fontes: Agencia Força Aérea, ITA, EPCAR e EEAR