sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) recebe alunos aprovados no vestibular

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
                                                                     Fotos: Ten Gabrielli 

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) deu as boas-vindas aos alunos aprovados no vestibular, no dia 20 de janeiro. A recepção, que lotou o auditório Lacaz Neto, teve como objetivo promover a interação professor-aluno, bem como mobilizar os novos discentes para um maior engajamento nas atividades acadêmicas. Além disso, a atividade foi o momento em que os estudantes receberam instruções sobre o cotidiano dentro da instituição. Para Luiz Carlos Rossato, coordenador do processo seletivo, é importante receber bem os alunos. “Muitos estão vindo de longe, deixando a família e os amigos, para ingressar num mundo novo, que é a universidade”, frisa ele.

Mateus Coelho Ferraz, filho de um ex-Iteano, afirma que as 12 horas de estudos diárias foram recompensadas quando a lista de aprovados foi divulgada. “O esforço de meses valeu a pena, mas eu tenho plena convicção de que desafios maiores me esperam”, diz o agora estudante de Engenharia Aeroespacial.
Já é comum nas listas de aprovados do ITA figurarem um grande número de alunos  da cidade de Fortaleza. Felipe Manoel de Souza Freitas e Victor de Abreu mantiveram a tradição ao fazerem parte do grupo de 43 aprovados da capital cearense. Para Felipe, que a partir de fevereiro inicia os estudos no curso de Engenharia Eletrônica, a vitória alcançada tem um sabor diferente. “Ninguém da minha família possui nível superior completo”, revela. “Ter sido aprovado em uma instituição como o ITA representa uma grande vitória para mim e para os meus pais”, acrescenta. O fortalezense Victor, que dedicava-se há 2 anos para o vestibular, não acreditou quando viu que o seu nome estava entre os aprovados. “Em Fortaleza, muita gente estuda para ser aprovado no ITA e conquistar uma vaga aqui tem um sabor especial”, diz Victor, que ingressou no curso de Engenharia Civil Aeronáutica. 

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), organização subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), é a instituição de nível universitário responsável por formar oficiais engenheiros para a FAB. Criado em 1950, oferece cursos de graduação em seis especialidades de engenharia: aeroespacial, aeronáutica, civil (aeronáutica), computação, mecânica (aeronáutica) e eletrônica. Concomitante às atividades acadêmicas, os discentes do ITA, logo ao ingressarem, são matriculados no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR-SJ), local onde recebem o treinamento militar necessário à preparação para o Oficialato. Após o segundo ano, o aluno tem a opção de escolher pela carreira militar. 

No último vestibular, realizado em 2012, 7.285 candidatos concorreram às 120 vagas ofertadas pela instituição, sendo o curso de Engenharia Aeronáutica o mais procurado. Os cursos de Engenharia oferecidos pelo ITA duram cinco anos. Os dois primeiros constituem o curso fundamental, com disciplinas comuns a todas a espacialidades, e os três últimos são voltados à área escolhida no momento do vestibular. A qualidade do ensino ofertado pela instituição é reconhecida nacionalmente. Em 2012, na última avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), realizado pelo Ministério da Educação (MEC), o ITA manteve-se posicionado entre as melhores instituições de ensino do país, ao obter o conceito máximo (5) na avaliação.

Fonte: DCTA