quarta-feira, 29 de maio de 2013

ÁGATA 7 - Ações Cívico-Sociais contabilizam mais de 5 mil atendimentos no Sul

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

As Forças Armadas realizaram, de 20 a 23 de maio, Ações Cívico Sociais (ACISO) na região de Caçapava do Sul, integrando a Operação Ágata 7. Os serviços médicos, odontológicos e de assistência social foram levados aos municípios de Lavras do Sul, Santana da Boa Vista e Caçapava do Sul e distritos de Minas do Camaquã e Durasnal.
Ao final dos quatro dias de ACISO naquela região foram contabilizados 4540 atendimentos médicos, 627 atendimentos odontológicos, 811 exames laboratoriais e mais de 17 mil medicamentos distribuídos.
A Força Aérea Brasileira participou com dois clínicos gerais, uma ginecologista, um dentista, um farmacêutico e uma enfermeira, todos do efetivo do Hospital de Aeronáutica de Canoas, além de duas assistentes sociais do efetivo do quinto Comando Aéreo Regional.
Atendimentos de saúde
Em Lavras do Sul, os atendimentos médicos e odontológicos trouxeram grande movimento à escola onde era realizada a ACISO. A dona-de casa Gelcineia Rodrigues Bastos levou o filho, Rafael, de 7 anos para uma consulta com o dentista da FAB, 1º Tenente Marcus Vinicius Fioravanti Vaucher. "Normalmente a gente tem que vir para a fila do posto às quatro horas da manhã e, às vezes, às oito horas avisam que não tem mais ficha. Então achei uma maravilha, uma ótima oportunidade", disse a mãe.
Na localidade de Durasnal, que tem cerca de mil habitantes, incluindo uma comunidade indígena de 57 pessoas, foram realizados uma média de 200 atendimentos de saúde por dia. Segundo a técnica em enfermagem do Posto de Saúde do Município, Rosângela Siqueira, a capacidade habitual de atendimento é de 70 pacientes por mês. "Essa ação está sendo ótima porque estão conseguindo atender bastante gente. E aqui não temos médicos especialistas, só clínico geral", explicou a técnica.
Serviço Social
As assistentes sociais do NUSESO, 2º Tenente Marlise Isabel dos Santos e 2º Tenente Jaqueline Isabel Luchetta, realizaram, principalmente, ações educativas e informativas, com palestras e orientações à população. "São comunidades bastante carentes, inclusive com muitas pessoas analfabetas, então precisamos utilizar uma linguagem e uma abordagem que sejam compreensíveis para eles", explicou a Tenente Jaqueline sobre as palestras.
O trabalho das Assistentes Sociais nas ACISO envolveu também a colaboração com outras instituições relacionadas ao Serviço Social.
Ágata 7
A Operação Ágata 7 faz parte das ações do Plano Estratégico de Fronteiras e está sendo realizada em toda extensão da fronteira brasileira com dez países sul-americanos. Militares das Forças Armadas e mais 20 órgãos governamentais realizam ações de vigilância e combate a crimes como tráfico de armas, narcotráfico e contrabando de veículos.


Fonte: ACS COMAR 5