segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Tenente-Coronel Candido Martins da Rosa faleceu no dia 28 – “Um rastro de fumaça branca jamais se apaga...”

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com


Um dos fundadores da Esquadrilha da Fumaça nos anos 50, o Tenente-Coronel Candido Martins da Rosa faleceu na noite do último dia 28 de setembro em São Paulo.
Ele foi integrante do grupo de quatro aviadores que, em suas horas de folga, dedicava seu tempo à acrobacia aérea para incutir confiança aos Cadetes na antiga Escola de Aeronáutica (E.Aer.), no Campo dos Afonsos, Rio de Janeiro. Natural de Santo Angelo (RS), o Ten Cel Martins da Rosa ingressou na Força Aérea Brasileira em 1947 e fez parte da Fumaça durante os anos de 1952 a 1954, tendo sido Ala Direita (nº 2) e Ferrolho (nº 4).
A equipe atual muito agradece pelo seu legado deixado e por todas as histórias que nos contou das épocas vividas na Esquadrilha, motivando-nos e mostrando o amor que tinha pela arte de voar e pela instituição Fumaça. "Um rastro de fumaça branca jamais se apaga...".