terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Agencia bancaria é furtada em Tanabi-SP

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com


Filmagem da agencia registrou
 o momento do furto
Na tarde de ontem 30 de dezembro por volta das 15h10 no centro da cidade, por ser o penúltimo dia do ano as agencias bancarias e a lotérica estavam lotadas formando longas filas. E teve gente que foi esperto e aproveitou a situação para furtar uma agencia bancaria. 

O gerente do banco localizado na região central de Tanabi, acionou a Policia Militar, pois tinha sido furtado. Ao ver a filmagem que um malote contendo dinheiro e cheque foi levado de sua mesa. 

Na filmagem foi visto quatro homens adentraram na agencia sendo dois ficaram distraindo os seguranças e um individuo de camisa branca pegou o malote, que estava encima da mesa e colocando dentro da camisa  e em seguida saindo da agencia. 

A Policia Civil de Tanabi foi acionada para a investigação. 

Ate o momento não teve registro sobre o uso de arma como esta sendo comentado na cidade. 

Ate o fechamento desta reportagem não foi divulgado sobre a prisão dos meliantes e nem do encontro do dinheiro furtado.  

Fonte e Foto: POLICIA MILITAR DE TANABI


domingo, 29 de dezembro de 2013

FAB resgata 162 vítimas das enchentes no Espírito Santo

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

  Em quase uma semana de atuação, a Força Aérea Brasileira (FAB) já resgatou 162 pessoas, vítimas das enchentes provocadas pelas chuvas no estado do Espírito Santo. Além disso, transportou cerca de oito toneladas de suprimentos, entre medicamentos, alimentos e água potável. A FAB está empenhada na missão de ajuda humanitária com dois helicópteros Black Hawk, um Super Puma e mais três aviões. 
A FAB opera em duas frentes. Uma a partir da cidade de Linhares e outra em Vitória, capital capixaba, onde foi criado um centro de coordenação conjunto com o Corpo de Bombeiros.
“As informações de pedido de socorro são recebidas nesta central e repassadas para as aeronaves em forma de coordenadas geográficas. Este sistema agiliza muito a localização dos pontos a serem socorridos”, explica o Tenente Aviador Vinícius Monteiro de Barros Whebe Salum, piloto da FAB.
Nos dias 24 e 25 de dezembro, os militares da FAB realizaram o resgate de 88 pessoas. Nesta quinta (26/12), os helicópteros haviam resgatado mais 74 vítimas das enchentes.
“Tivemos de fazer o procedimento com guincho para retirar as pessoas. Havia muitas crianças, mulheres grávidas com recém-nascidos, alguns idosos, pessoas doentes ou com alguma deficiência que exija medicação contínua”, ressalta o Tenente Salum."Estamos muito empenhados em ajudar toda a população. O tempo deu uma trégua possibilitando realizarmos muitas decolagens e resgates. Estamos mapeando a região para facilitar a coordenação com os bombeiros em suas embarcações", complementa o militar.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

FAB recebe mais uma aeronave de patrulha P-3AM

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

  A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu a oitava aeronave de patrulha P-3AM - Orion, conhecida como a guardiã do pré-sal. A entrega do avião registrado sob a matrícula FAB 7205 foi realizada em Sevilha, na Espanha, na segunda-feira (16/12). O traslado da aeronave até o Brasil foi feito pela tripulação do Esquadrão Orungan (1º/7º GAV), sediado em Salvador (BA).
A nova aeronave faz parte do contrato de modernização da frota de patrulha da Força Aérea Brasileira (FAB) assinado pelo Comando da Aeronáutica (COMAER), por meio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC).
O P-3A – Orion é usado na vigilância e proteção de áreas marítimas e dos recursos naturais da Amazônia Legal e, de modo especial, a região do pré-sal. Além disso, a aeronave apoia as atividades de busca e salvamento no Atlântico Sul sob responsabilidade do Brasil.
O avião possui um dos mais modernos sistemas para identificação por radar e dispõe do mecanismo Forward Looking Infra-Red (FLIR), que complementa as informações dos tráfegos marítimos, fornecendo imagens nítidas e claras mesmo no período noturno. A aeronave permite localizar, identificar e repassar todo o cenário do tráfego marítimo para embarcações da Marinha do Brasil e direcionar a atividade de policiamento para as áreas mais críticas.

Aeronaves do EDA passam por manutenção

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

Mecânicos do PAMA-Lagoa Santa na manutenção  Ten Cocate / EDADurante o mês de dezembro, a equipe de mecânicos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) está empenhada na manutenção das aeronaves para garantir o máximo de disponibilidade da frota para o ano de 2014. Os Anjos da Guarda, como também são chamados os especialistas em manutenção de aeronaves da Esquadrilha, estão trabalhando na inspeção de três aviões vindos, recentemente, da unidade da Empresa Brasileira de Aeronáutica (EMBRAER) de Gavião Peixoto/SP, após terem realizado serviços de pintura e de instalação do sistema de geração de fumaça.

Paralelamente, dois aviões estão passando pelo trabalho de inspeção programada que consiste em uma manutenção preventiva para checar todos os sistemas da aeronave. O A-29 Super Tucano deve ser inspecionado a cada 300 horas de voo. Atualmente, a Esquadrilha da Fumaça possui onze aeronaves.

Auxiliando nos trabalhos, um grupo de oito graduados do Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS) também está envolvido nas inspeções. Entre eles, existem cinco especialidades relacionadas às áreas técnicas de: estrutura, eletrônica, elétrica, manutenção de aeronaves e armamento, sendo esta última focada, especificamente, em assentos ejetáveis.
 
“Essa força-tarefa é essencial para que a unidade possa dar continuidade, no próximo ano, ao Programa de Implantação Operacional do A-29 Super Tucano e à formação dos novos pilotos da Esquadrilha, mantendo o alto padrão de segurança de voo, característica marcante da Fumaça”, explica o chefe da seção de Material do EDA, Major Márcio Aparecido Tonisso.
Este ano, a Esquadrilha recebeu mais três pilotos novos que voarão nas posições de nº 3, 5 e 6, dois graduados especialistas nas áreas de Manutenção de Aeronaves e de Serviços Administrativos; e mais quatro soldados para auxiliarem nos trabalhos das seções. A equipe entrou em recesso e, no fim de janeiro, irá retornar os treinamentos com o Super Tucano e dará início à formação dos novos pilotos em suas respectivas posições. Não há, ainda, data definida para o retorno das demonstrações da Esquadrilha da Fumaça.

Helicóptero da FAB auxilia no socorro às vítimas das enchentes no Espírito Santo

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Fotos: Divulgação/FAB
Um helicóptero Black Hawk da Força Aérea Brasileira (FAB) atua desde sexta-feira (20/12) no auxílio às vítimas das enchentes provocadas pelas chuvas no estado do Espírito Santo. A aeronave, do Quinto Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (5º/8º GAV), está empenhada no resgate de vítimas e transporte de mantimentos.
Na sexta-feira (20/12) o helicóptero da FAB foi acionado e decolou para o município de Pancas, distante 120 km de Vitória, para resgatar uma criança de um ano e dois meses de idade. Ela havia passado por uma cirurgia nos rins e devido a complicações precisava ser transportada com urgência para um hospital da capital.
“O tempo ruim e o terreno montanhoso dificultaram a navegação e a localização da cidade. Pousamos em um campo de futebol e transportamos a criança e a mãe para o aeroporto de Vitória”, ressalta o comandante da aeronave, Tenente Aviador Thiago Maurício Marins de Barros. 
No domingo (22/12), a aeronave da FAB transportou duas toneladas de mantimentos para Linhares, principal cidade do norte capixaba, localizada a cerca de 100 quilômetros da capital.
Mais de 25 mil pessoas estão fora de casa por causa das chuvas no Espírito Santo. Já são 50 cidades atingidas pelas enchentes.

FAB realiza cerimônia de desativação dos caças Mirage 2000

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com



Uma solenidade militar realizada na Base Aérea de Anápolis (BAAN) nesta sexta-feira (20/12) marcou a despedida simbólica dos caças Mirage 2000 da Força Aérea Brasileira (FAB). As aeronaves continuam em operação até o final deste mês fazendo a proteção da capital federal e devem ser substituídas a partir de janeiro pelos caças F-5EM. Na ocasião, também ocorreu a passagem de comando do Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA) - Esquadrão Jaguar.
Os Mirage, batizados na FAB de F-2000, atuam na defesa aérea do país desde 2006 e já completaram mais de 10 mil horas de voo. Para o Tenente-Coronel Eric Breviglieri, piloto da FAB com 1038 horas de voo no caça, a aeronave atendeu todos os requisitos necessários enquanto esteve em operação. “O Mirage é a máquina, é excelente e foi de grande valia para ajudar neste salto que vamos dar a partir de agora com o Gripen. Os conceitos e o emprego do Mirage vão auxiliar a assimilar mais fácil o novo caça”, revela o Tenente-Coronel Breviglieri.
Os 12 Mirage foram adquiridos da França já usados como uma solução temporária para a aviação de caça de alta performance no Brasil. Pelo plano inicial os jatos iriam parar no final de 2011, mas com ajustes seis aeronaves foram poupadas e permaneceram em voo. O Governo já anunciou a aquisição dos substitutos do Mirage: o Gripen NG da empresa sueca Saab.
Até que os novos caças cheguem, as missões de defesa aérea, antes desempenhadas pelo Mirage, ficarão a cargo dos caças F-5EM. Os três esquadrões com F-5, do Rio de Janeiro, Manaus e Canoas vão assumir o alerta de defesa aérea a partir da BAAN com suas próprias aeronaves. “A partir de primeiro de janeiro as aeronaves F-5 assumirão a defesa aérea, e tanto Anápolis quanto o Planalto Central estarão protegidos”, afirma o Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar, Comandante da Terceira Força Aérea (III FAE).
Com a aposentadoria do Mirage, o Esquadrão Jaguar ficará sem aeronaves. Um grupo de seis pilotos permanece em Anápolis (GO) para manter a administração da unidade, cumprir horas de voo no F-5 e participar de treinamentos. No futuro os militares vão compor o primeiro grupo que irá receber o novo caça Gripen NG. Parte do efetivo já foi transferida para outras unidades, mas os que ficam aguardam com boas expectativas a chegada do novo avião. “É uma aeronave que traz conceitos doutrinários novos, diferentes daqueles que nós utilizamos, e vai colocar a Força Aérea, com certeza, em um novo patamar operacional”, ressalta o novo comandante do 1º GDA, Major Aviador Cláucio Oliveira Marques.

Conheça um pouco mais sobre o Gripen NG

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

O Gripen NG, da empresa sueca SAAB, é um modelo supersônico monomotor projetado para emprego em missões ar-ar, ar-mar e ar-solo, sob quaisquer condições meteorológicas. 

A versão brasileira, a ser desenvolvida em parceria com empresas locais, a partir do projeto original destinado à Força Aérea da Suécia, contará com modernos sistemas embarcados, radar de última geração e capacidade para empregar armamentos de fabricação nacional.

Dotada de um sistema de reabastecimento em voo, a aeronave será capaz de defender nosso espaço aéreo nos pontos mais remotos do Brasil. Tais características, aliadas ao desempenho da aeronave, possibilitarão um expressivo ganho na capacidade operacional da FAB.

Conheça um pouco mais sobre as características da aeronave  

Comprimento14,1 m
Envergadura8,6 m
Altura geral4,5 m
Peso máximo na decolagem16.500 kg
Velocidade máximaM 2.0
Empuxo> 22.000 lb
Carga útil7.200 kg
Combustível máximo7.000 kg
Super Cruise> M 1.2
Manobrabilidade9g
Alcance máximo> 4000 km
Distância de pouso< 500 m
Substituição de motor< 1 hora
Tempo de imobilização no solo< 10 min
Custo por hora de voo< US$ 4,000.00

Latrocínios e roubos de carga caem em São José do Rio Preto

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

A região de São José do Rio Preto reduziu em 60% o número de latrocínios (roubos seguido de morte) de janeiro a novembro de 2013 em relação ao mesmo período do ano passado, com seis casos a menos do que em 2012.
Foram contabilizados quatro casos nos primeiros 11 meses do ano, contra 10 registros no mesmo período de 2012.
Não foi contabilizado nenhum latrocínio no mês de 2013, um a menos do que no mesmo mês do ano passado.
É o que apontam as estatísticas da criminalidade divulgadas nesta terça-feira (24) pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP), no portal da Secretaria da Segurança Pública (SSP).
Roubos
Os roubos de cargas apresentaram uma queda de 54,55% no acumulado do ano. Foram seis casos a menos de janeiro a novembro de 2013 em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 11 casos.
O número de roubos a carga permaneceu estável em novembro, com uma ocorrência – a mesma quantidade de casos registrados no mês de 2012.
Embora roubos de veículos e roubos tenham crescido em novembro, apresentaram redução no ano. De janeiro a novembro deste ano, os roubos caíram 11,76%, com 266 casos a menos em relação aos 11 primeiros meses de 2012, quando foram registrados 2.262. É o menor número para o período nos últimos cinco anos.
De janeiro a novembro deste ano, foi registrada uma queda de 35,41% nas ocorrências de roubos de veículo. Foram registrados 166 casos em 2013, contra 257 registros no mesmo período de 2012.
Na região, não foi registrada nenhuma extorsão mediante sequestro neste ano.

Produtividade policial

Em novembro, a eficiência das polícias Civil e Militar alcançou um patamar recorde em relação às prisões na região de São José do Rio Preto. Preparação e inteligência foram algumas das estratégias adotadas para a realização de 570 prisões no mês. Esse é o maior número para o mês de novembro na série histórica do indicador, que foi iniciada em 2001.
Em comparação com o mesmo mês do ano passado – quando foram feitas 396 prisões –, houve um aumento de 43,94%, ou 174 registros a mais no indicador de produtividade policial. 
Os flagrantes de tráfico de entorpecentes chegaram a 2.163 registros no acumulado deste ano. Foi um aumento de 15,11%, ou seja, 284 flagrantes a mais.

Esse tipo de ocorrência depende totalmente da ação policial e o crescimento indica maior eficiência das polícias Civil e Militar para apreender drogas e prender traficantes.

Foram retiradas 46 armas de fogo ilegais das ruas na região de São José do Rio Preto em novembro. O número é 9,52% maior em relação às 42 ocorrências registradas no ano passado.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Gripen é a nova aeronave de caça da FAB

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

  O Gripen NG, fabricado pela empresa sueca Saab, é a nova aeronave de caça da Força Aérea Brasileira (FAB). O anúncio foi feito pelo Ministro da Defesa, Celso Amorim, em entrevista coletiva realizada na quarta-feira (18/12) em Brasília. O programa FX-2 da FAB, iniciado em 2001, prevê a aquisição de 36 aeronaves de caça com transferência de tecnologia para o Brasil. Os novos caças substituirão os Mirage 2000, que serão desativados no final deste mês.

De acordo com o ministro Celso Amorim, a definição da nova aeronave foi objeto de estudos e ponderações que levaram em conta três fatores. “Foram analisadas a performance, transferência de tecnologia e custos, não só de aquisição, mas também de manutenção. A escolha se baseou no equilíbrio desses três fatores”, afirmou. 

Ministro da Defesa e Comandante da Aeronáutica durante o anuncio

O projeto FX-2 tem um custo estimado de 4,5 bilhões de dólares. De acordo com o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, está prevista a transferência integral de tecnologia. “Quando terminar a fase de desenvolvimento nós teremos propriedade intelectual sobre este avião, isto é, acesso a tudo”, explicou o Comandante da Aeronáutica.

A assinatura do contrato com a empresa sueca deve levar em torno de 8 a 12 meses, segundo o ministro Celso Amorim. A partir de então, estima-se que em 48 meses a FAB já disponha dos primeiros aviões. “A nossa Força Aérea está de parabéns. Nós, em breve, teremos aviões a altura das necessidades de defesa do país”, ressaltou o Ministro da Defesa.
 

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

AVIAÇÃO MILITAR DE SÃO PAULO: 100 Anos

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Revista Tecnologia & Defesa 
Texto:  Ivan Plavetz

Aconteceu nesta terça-feira (17), nas dependências da Associação dos Oficiais da Polícia Militar (AOPM), na capital paulista, evento que marcou a passagem do 100º Aniversário da Aviação Militar Paulista, atualmente representada pelo Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GRPAe) “João Negrão”, da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP). Entre os presentes ilustres figuraram o comandante-geral da PMESP, coronel PM Benedito Roberto Meira, o comandante do GRPAe, coronel PM Ricardo Gambaroni, o primeiro comandante do GRPAe, coronel PM Ubirajara Guimarães, junto a companheiros da primeira turma de pilotos, o sub-comandante do GRPAe, tenente-coronel PM Edson Luiz Gaspar, e representantes de órgãos de segurança, governos municipais e estaduais e de empresas fornecedoras de equipamentos e serviços de suporte técnico para a corporação, além de convidados das Forças Armadas brasileiras e do estrangeiro, como o adido aeronáutico dos Estados Unidos. O efetivo do GRPAE compareceu em expressivo número entre oficiais e praças.
Durante o evento foi exibido um modelo reduzido do biplano “São Paulo”, construído no Campo de Marte em 1925, pela Força Pública de São Paulo. Esse modelo fará parte do futuro acervo do museu do GRPAe. Fotos Ivan Plavetz.
  
Para agraciar personagens e organizações que de alguma forma prestaram relevantes contribuições para o GRAPAe desde a sua criação, foi concedida a “Medalha do Centenário”. Tecnologia & Defesa teve a honra de estar incluída nesta homenagem
O ponto alto da memorável noite, que incluiu coquetel e um jantar dançante, foi a cerimonia de condecoração com a Medalha do Centenário das personalidades que, de alguma forma, prestaram relevantes serviços para o GRPAe desde a sua criação em agosto de 1984. A revista Tecnologia & Defesa, órgão da imprensa especializada e parceira de longa data da PMESP e do GRPAe desde os seus primeiros dias, foi incluída na lista dos homenageados com a aposição da Medalha do Centenário. Homenagens especiais foram prestadas aos pioneiros da Aviação Militar da Força Pública do Estado de São Paulo, tenente Edmundo da Fonseca Chantre e coronel João Negrão (patrono do GRPAe), através de seus descendentes. A história da nova ferramenta policial paulista iniciou-se há 100 anos, no dia 17 de dezembro de 2013, quando foi fundada a Escola de Aviação da corporação, no Campo do Guapira, atual bairro Edu Chaves (em homenagem ao responsável pela Escola), plantando-se, dessa forma, as primeiras sementes do emprego de aeronaves em operações de segurança pública. Sediado no Campo de Marte, o GRPAe é a maior organização do gênero no Brasil e na América Latina, e uma das 15 maiores do mundo.
Entre os momentos solenes da comemoração houve a execução do Hino Nacional do Brasil e a Canção das Águias.
 
O comandante do GRPAe, coronel PM Ricardo Gambaroni, fez um balanço das atividades da unidade, destacando o nobre papel social desempenhado no dia-a-dia das, na condição de braço aéreo da PMESP
Tenente-coronel PM Edson Luiz Gaspar, sub-comandante do GRPAe e esposa.
Familiares dos pioneiros e mártires dos primeiros tempos receberam homenagens especiais. 
Ao usarem da palavra, tanto o coronel PM Meira quando o coronel PM Gambaroni, ressaltaram que, apesar do estratégico poder de ação desempenhado pelo braço aéreo da corporação na luta contra a criminalidade, quaisquer que seja sua origem, organização e poder de fogo, o grande motivo de júbilo para os “Águias” é grafar em sua folha de serviços o registro de milhares de vidas salvas e missões humanitárias, tanto em território paulista quanto além das divisas do Estado.
O ex-comandante do GRPAe, coronel PM Marco Antônio Severo Silva (esquerda) e o coronel PM Carlos Eduardo Falconi
O comandante do GRPAe, coronel PM Ricardo Gambaroni (primeiro da esquerda para a direita),coronel PM Leônidas Pantaleão e o comandante-geral da PMESP, coronel PM Benedito Roberto Meira.
Dando inicio à cerimonia de condecoração , o coronel PM Ricardo Gambaroni recebe a comenda do coronel PM Benedito Roberto Meira.
O coronel Gambaroni, condecora o primeiro comandante da unidade, coronel PM Ubirajara Guimarães.
O evento contou com a presença de representantes das Forças Armadas do Brasil e do exterior.
 
O comandante-geral da PMESP, coronel PM Benedito Roberto Meira
Os 100 Anos da Aviação Militar paulista estão sendo comemorados juntamente com uma novidade, a integração das primeiras policiais femininas no efetivo de pilotos do GRPAe. Na imagem, a primeira-tenente PM Lara Carolina Palhiari Duarte (esquerda) acaba de conquistar sua licença PPH, enquanto a primeira-tenentePM Mayara Roberta Mieko Tanaka de Moraes frequenta o curso teórico para seguir o mesmo caminho de sua colega.
100 Anos, um único objetivo, “Voar para Sevir”.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

SP usa rede social para mobilizar médicos no resgate a vítimas de acidentes

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com 

  • Já foi possível testar o novo sistema de comunicação via WhatsApp no incêndio do auditório Simón Bolívar, do Memorial da America Latina
    Já foi possível testar o novo sistema de comunicação via WhatsApp no incêndio do auditório Simón Bolívar, do Memorial da America Latina
A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo decidiu apostar nas redes sociais para mobilizar sua "tropa de elite" do resgate médico no caso de desastres e acidentes com múltiplas vítimas, agilizando o atendimento pré-hospitalar dos pacientes na capital e região metropolitana da Grande São Paulo.

Agora, médicos e enfermeiros do Grau (Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências) são acionados via WhatsApp, aplicativo de mensagens de texto via internet. A iniciativa visa reduzir o tempo utilizado na habitual chamada telefônica dos profissionais,  acelerando a chegada deles no local da ocorrência.

Pelo sistema convencional, é preciso ligar para todos os profissionais por meio de um sistema de "cascata": o médico chefe do plantão é avisado da ocorrência e entra em contato com o primeiro nome do médico e enfermeiro da lista que, por sua vez, liga para o segundo e assim por diante, até que todos os membros da equipe sejam avisados.

Como o aplicativo permite a criação de "grupos de conversa", todos os médicos e enfermeiros são avisados simultaneamente, economizando tempo e acelerando o processo de mobilização dos profissionais para o atendimento de urgência nas ruas de São Paulo.

Além disso, um único "ok" de cada membro permite que o chefe de plantão saiba imediatamente quem está disponível e a caminho para atendimento no local da ocorrência.

Já foi possível testar o novo sistema de comunicação via WhatsApp no incêndio do auditório Simón Bolívar, do Memorial da America Latina, no último dia 29 de novembro, e do desabamento de um prédio em construção na cidade de Guarulhos.

"É fundamental acompanharmos a evolução dos meios de comunicação e acrescentarmos as facilidades deles aos serviços de emergência, em que o tempo de resposta é determinante para vida ou morte", salienta Jorge Ribera, diretor do Grau.

Foram criados no aplicativo três grupos diferentes: um para chamada e recrutamento dos profissionais disponíveis, outro pelo qual os médicos e enfermeiros podem conversar para trocar informações sobre a ocorrência sem congestionar ou tirar o foco do aviso e um terceiro para desmobilização da equipe. Todos os médicos e enfermeiros do serviço foram adicionados e têm acesso às informações disponibilizas nos três grupos.
Além disso, foram feitas reuniões para definição de regras de utilização de forma a garantir o bom funcionamento do sistema, além de aprimorar o serviço com sugestões e esclarecer dúvidas. A ferramenta também será implantada nas bases novas do Grau localizadas no interior e litoral do Estado.
      
Referência

       
O Grau é referência nacional e até mesmo internacional em resgate médico e atendimento a desastres. A "tropa de elite" da Secretaria esteve presente em tragédias históricas, como a explosão do Osasco Plaza Shopping (1996), queda do teto da Igreja Renascer, quedas das aeronaves da TAM (1996), Gol (2006) e a da banda Mamonas Assassinas (1996), além das enchentes que atingiram Santa Catarina (2008), São Luiz do Paraitinga, no interior paulista (2010) e Alagoas (2010).

Os cerca de 100 profissionais do Grau especializados em catástrofes e atendimento a vítimas de acidentes realizam aproximadamente 18 mil socorros médicos por ano. Na capital paulista as cinco bases terrestres do serviço ficam na Praça da Sé, Casa Verde, Cambuci, Butantã e Itaquera.

A equipe do Grau, que passa por diferentes e exaustivos treinamentos, como negociação em sequestros e balística, integra um sistema de resgate composto também pelo Corpo de Bombeiros e o Grupamento de Rádio e Patrulha Aérea da Polícia Militar.

Além de participar de ações áreas de resgate médico, por meio dos helicópteros Águias da Polícia Militar, o Grau também disponibiliza viaturas rápidas, com especialistas e equipamentos aptos à prestação de atendimento rápido para a vítima ainda em rua antes da chegada de uma ambulância.

O acionamento do Grau é feito pelo telefone 193, Central de Operações do Corpo de Bombeiros (Cobom), cabendo ao Médico Regulador do grupo, por meio de informações recebidas e após o despacho da viatura adequada, monitorar e orientar os profissionais no local além de indicar o melhor recurso hospitalar para cada tipo de atendimento.

Levantamento realizado pelo Grau mostra que 80% das cerca de 1.000 vítimas encaminhadas pelo serviço ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, na capital paulista, sobreviveram e tiveram altas.

Blog Renan Contrera realizou uma homenagem ao Corpo de Bombeiros de Tanabi.

Redação
renancontrera@hotmail.com

Sgt De Oliveira, Renan Contrera e o Cel Berto
No dia 07 de Dezembro o Diretor do Blog Renan Contrera (B.R.C) Renan Contrera de Paiva durante a confraternização do final de ano, entregou uma homenagem ao Corpo de Bombeiros de Tanabi. Esteve presente na confraternização o Comandante do 13 Grupamento de Bombeiros o Coronel Paulo César Berto, e comandantes da região e o efetivo da  Base de Bombeiros.

A homenagem teve objetivo de agradecer os Bombeiros pelos relevantes serviços prestados a comunidade Tanabiense e no cumprimento da missão que é " Proteção da vida, do meio ambiente e do patrimônio". O diretor do Blog Renan conhece muito bem o atendimento das ocorrências não só por realizar reportagens sobre os Bombeiros. Mas já precisou ser socorrido pelo Bombeiros.

"Pra mim é uma alegria imensa esta agradecendo o Corpo de Bombeiros de Tanabi pelo atendimento prestado a mim, mas a toda comunidade Tanabiense". Comenta Renan Contrera.

O Cel. Berto leu a homenagem para os Bombeiros e presentes na festa, agradeceu a homenagem e a parceria que o Blog Renan Contrera tem com os Bombeiros em divulgar o trabalho da corporação.


O Sargento De Oliveira comandante da Base agradeceu a homenagem prestada a Base e disse que o trabalho que o blog realiza é importante para a divulgação do trabalho dos Bombeiros.

"Em breve estaremos realizando mais homenagens a outras corporações e entidades da cidade, região e que são noticiadas no Blog". Diz Blogueiro.

Jubileu de Prata do Prêmio Nobel da Paz conferido às Forças de Manutenção da Paz das Nações Unidas

Renan Contrera 
renancontrera@hotmail.com

 No dia 10 de dezembro, fez 25 anos que o Prêmio Nobel da Paz foi conferido às Forças de Manutenção da Paz das Nações Unidas que operaram em várias partes do mundo, no período de 1948 a 1988, quando o Brasil, especialmente o nosso Exército, se fez presente, integrando diversas missões de paz.

O Prêmio Nobel da Paz é conferido a pessoas ou organizações que estejam envolvidas num processo de resolução de problemas em prol da paz e, neste caso em particular, conforme declaração do então Secretário Geral da ONU, Javier Pérez de Cuéllar, foi um tributo ao idealismo de todos aqueles que serviram à ONU e ao valor e sacrifício daqueles que contribuíram e continuam contribuindo para as operações de manutenção da paz.


No período de 1948 a 1988, o Brasil participou das seguintes missões de paz:

- UNSCOB (Comissão Especial das Nações Unidas nos Balcãs);
UNEF 1 (Força de Emergência das Nações Unidas no Oriente Médio);
- UNTEA/UNSF (Força de Segurança das Nações Unidas na Nova Guiné);
- UNFICYP (Forças das Nações Unidas no Chipre);
- DOMREP (Missão do Representante Especial do Secretário-Geral da ONU na República Dominicana); e
- UNIPOM (Missão de Observação das Nações Unidas para a Índia e o Paquistão).

Essa participação tem prosseguido em várias regiões do mundo, em especial na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH), onde o Brasil está atuando desde 2004, demandando ingentes esforços, sacrifícios e determinação de toda a sociedade brasileira.

Todas essas missões têm contribuído de maneira relevante para o aprimoramento da operacionalidade das tropas brasileiras e, principalmente, para o estabelecimento da paz em nações amigas .   

No momento das comemorações desse Jubileu de Prata, o Exército Brasileiro presta uma homenagem especial aos vários militares brasileiros que já integraram as missões de paz da ONU, bem como àqueles que atualmente estão representando o Brasil mundo afora.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Piloto, em voo, recebe notícia que será novo integrante da Fumaça

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Fotos: Ten Cocate/EDA
“Foi indescritível ver duas aeronaves da Esquadrilha da Fumaça interceptando o avião em que eu estava pilotando e receber o comunicado de ser o novo integrante pela fonia”.
Dessa forma, foi realizado o anúncio do novo piloto da posição de nº 3 do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), Capitão Glauber Lage Moreira Claver Silva, no final da tarde desta segunda-feira, dia 9. Assim que ele pousou na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, a equipe do EDA já o esperava em frente ao hangar da Fumaça para parabenizá-lo pela sua conquista.
Admirador da Esquadrilha, o novo integrante ressalta que sonhava em ser Fumaceiro há muito tempo, desde quando assistia a demonstrações, na infância, antes mesmo de ser piloto. “A unidade da Fumaça é muito admirada não só por militares, mas pelo público em geral. Eu sempre quis fazer parte da Esquadrilha e, quando comecei a trabalhar na AFA, essa possibilidade se tornou ainda mais próxima, mas não imaginava que poderia acontecer”.
Para ele, será uma experiência interessante do ponto de vista profissional, pois aprenderá a voar uma nova aeronave - o A-29 Super Tucano. “Será um voo muito diferente, bem mais tecnológico e importante para a minha carreira de piloto”. Antes de ingressar no EDA, o Capitão Glauber trabalhava como Comandante da Esquadrilha Vega do 1º Esquadrão de Instrução Aérea (1º EIA), responsável pela instrução de voo dos cadetes aviadores do 4º ano da AFA.  
Avião do novo integrante é interceptado por duas aeronaves da Fumaça
Equipe envolvida no anúncio do novo piloto: Maj Escobar, Ten Novaes, Cap Glauber e Ten Capuchinho
Capitão Glauber recebe os cumprimentos da equipe da Esquadrilha da Fumaça

13 de Dezembro, Dia do Marinheiro - Pessoal, Nosso Maior Patrimônio - 2013

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

75 ocorrências foram atendidas pela Policia Militar.

Renan Contrera 
renancontrera@hotmail.com


Neste final de semana inicio do més de dezembro a Policia Militar atendeu 75 ocorrências.

Ocorrências elaboradas: 15
Multas aplicadas: 42
Veículos recolhidos: 09


A Policia Militar esta a disposição da população pelo telefone 190

domingo, 8 de dezembro de 2013

Região de Rio Preto pode se tomar região metropolitana.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
Foto: Pierre Duarte
João Paulo Rillo autor do projeto
Foi aprovado pela Assembléia Legislativa de São Paulo aprovou na sessão da ultima quarta-feira 04 de dezembro. O projeto foi indicado pelo Deputado Estadual João Paulo Rillo há dois anos. Agora o projeto segue para a sanção do Governador Geraldo Alckmin. Com a provação benificiará 30 municipios na questão de industria, comercio, educação. Vários deputados elogiaram a possibilidade da criação da região metropolitana.


"É um sinal muito importante para toda região. Teremos organização regional para diversos assuntos como mobilidade urbana e cultura, por exemplo". Disse o Deputado João Paulo Rillo autor do projeto.

Rillo afirmou ainda que, com a criação da região metropolitana, problemas de diversos patamares poderão ter souluções " Enfrentamos problemas em nossas cidades que exigem soluções regionais e, integradas em uma unidade regional, será possível discutir soluções coletivas." Rillo espera que Alckmin sancione a protejo sem tentar represália por ser de um deputado de oposição. 

Os municipios que integrarão a futura região metropolitana são: Adolfo, Altair, Bady Bassitt, Bálsamo, Cedral, Guapiaçu, Guaraci, Ibirá, Icém, Ipiguá, Jaci, José Bonifácio, Mendonça, Mirassol, Mirassolândia, Monte Aprazível, Nova Aliança, Nova Granada, Olímpia, Onda Verde, Orindiúva, Palestina, Paulo de Faira, Planalto, Potirendaba, São Jose do Rio Preto, Tanabi, Ubarana Uchoa e Zacarias.

Fontes: Tv Record Rio Preto e Diario da Região

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Acidente com três vitimas na Rodovia Dep. Bady Bassitt em Tanabi.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com
                                                                                        Fotos: Renan Contrera
Vitimas receberam os primeiros
 atendimentos no local.
Por voltas das 20h34 o Corpo de Bombeiros de Tanabi recebeu um chamado de um acidente na Rodovia Dep. Bady Bassitt, chegando no local um corsa com placas de Novo Mundo-GO mas os proprietarios são de Monte Aprazível, perdeu o controle próximo do Campo de pouso e decolagem de ultraleve, o carro saiu da pista e veio parar no acostamento. Os três passageiros tiveram ferimentos leves, mas todos com sinais e sintomas de embriagues e principalmente a condutora do veiculo.

A L.F de 48 anos teve ferimentos leves socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Tanabi, a M.V.C de 49 anos esta com suspeita de fratura no braço direito socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Tanabi, o  M.G.F  de 63 anos ferimento leve socorrido pelo SAMU TANABI. Todos foram levados para a Santa Casa de Tanabi para exames médicos.

Segundo uma das vitimas, eles são de Monte Aprazível e vieram a Tanabi para que uma das vitimas realizar as pazes com o namorado. E em Monte já estava consumindo bebidas alcoólicas, e aqui em Tanabi ao encontrar este namorado foram para um bar.



O Policiamento Rodoviário de Votuporanga foi acionado para tomar as providências cabíveis, e o DER também foi acionado para remoção do veiculo.

Nesta rodovia passa muitos caminhões de cana carregados, sorte do veiculo saiu da pista e não causou um acidente maior, mas mesmo assim estão errados pois é proibido conduzir qualquer tipo de veiculo sub efeito de álcool.


Com o veiculo não aconteceu nada.