quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Marinha assina termo aditivo ao contrato de modernização das aeronaves C-1A Trader

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br 
Foto: Divulgação/MB
Autoridades durante a assinatura do contrato
No dia 07 de novembro, no Rio de Janeiro (RJ), o Diretor de Aeronáutica da Marinha, Contra-Almirante Carlos Frederico Carneiro Primo, representando a Marinha do Brasil; o Presidente e Chefe de Operações da empresa Marsh Aviation Company, Charles P. Stanford Jr; e o Vice-Presidente da Elbit Systems of America LLC/M7 Aerospace LLC, Paul Mc Bride assinaram o Termo Aditivo ao contrato de modernização e remotorização das aeronaves C-1A Trader.
Esse ajuste no contrato original permitiu à Marsh Aviation o atendimento de recomendações emitidas pelo Department of State dos Estados Unidos da América, quando aprovado o Technical Assistance Agreement, que é um Acordo de Cooperação Técnica que permite determinada empresa dar prosseguimento a contratos de modernização e remotorização de aeronaves, no caso da Marinha do Brasil o C-1A Trader.

O novo acordo incluiu a empresa Elbit Systems of America LLC como subcontratada da Marsh Aviation, agregando ainda maior capacitação e qualidade aos serviços previstos no contrato original, visando a prontificação das aeronaves que receberão a designação, na Marinha, de “KC-2”.

O voo do primeiro protótipo tem previsão para novembro de 2017 e a entrega da primeira Aeronave KC-2 no Brasil está prevista para dezembro de 2018.

O futuro recebimento destas aeronaves modernizadas irá marcar um novo patamar operacional para a Marinha do Brasil, uma vez que ao possuir a capacidade de operar a partir de Navio-Aeródromo, permitirá o apoio logístico à Esquadra, tanto na área de pessoal como de material, assim como o reabastecimento em voo das aeronaves AF-1/1A “Skyhawk”.