domingo, 9 de agosto de 2015

A noite de sábado movimentada em Tanabi

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br                         Foto:Renan Contrera

O plantão da Santa Casa foi bem movimentado
A noite de sábado, 08 de agosto foi bem movimentada em Tanabi e principalmente na Santa Casa de Tanabi. Um atropelamento e um capotamento mobilizaram os Bombeiros de Tanabi, SAMU de Tanabi e Rio Preto, Ambulância reserva teve que ser acionada. No plantão da Santa Casa somente um médico estava atendendo a população, vitima teve que ser socorrida para Santa Casa de Bálsamo e Viatura do SAMU de Rio Preto teve que ser acionada para transporte de vitima.

Por volta das 21h00 o pai e uma criança foram atropelados na Avenida Diego Carmana próximo a ponte de madeira, a criança foi socorrida em estado grave para o Hospital de Base de Rio Preto e o pai segue em observação médica. O condutor do veículo fugiu do local sem prestar o socorro das vitimas e esta sendo procurado pela Policia, a informação que seria um Corsa branco.

Logo em seguida os Bombeiros foram acionados para um capotamento na vicinal Izidoro Saran, que liga Tanabi a Ibiporanga. Chegando no local o condutor do veículo perdeu o controle em uma curva batendo num barranco e capotando, no veiculo estava dois homens um deles com ferimentos na perna que foi transferido para Santa Casa de Bálsamo. O segundo ocupante do veículo foi socorrido para a Santa Casa de Tanabi reclamando de dor na lombar.

A Unidade de Suporte Avançado do SAMU de Rio Preto foi deslocada para Tanabi para efetuar o transporte de uma vitima para Rio Preto que estava em estado grave. A ambulância de plantão estava empenhada nas ocorrências tendo que acionar a ambulância reserva.

Sem o segundo médico

Desde 1 de agosto a Santa Casa esta sem o segundo médico que atendia das 13 horas até as 23 horas, ele foi retirado para conter despesas. Como uma das vitimas estava em estado grave o médico teve que acompanhar até o Hospital de Base e assim o atendimento de emergência e urgência da Santa Casa ficando sem médico.

O segundo médico foi contratado após populares ficarem revoltados por esperarem por horas para serem atendidos e no dia deste fato ocorria sessão na Câmara Municipal, aqueles que esperam por atendimento foram ate a casa de leis pedirem uma solução aos vereadores. E assim a Prefeitura contratou um segundo médico para ficar de plantão

Um comunicado foi colado na entrada da Santa Casa informando que desde 1 de agosto o atendimento esta sendo realizado por apenas um médico e que poderá haver demora no atendimento.

Durante a semana a nossa reportagem irá procura a diretoria da Santa Casa e a Prefeitura Municipal para obter resposta sobre o corte do segundo médico da Santa Casa.