sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Politica: Fabricio Missena entrará com requerimentos na primeira sessão ordinária

Renan Contrera


O vereador Fabricio Missena entrará com dois requerimentos um pouco polêmicos, sendo para sobre o bônus do professor e outro sobre os cargos de comissão da nova administração para ver se aqueles que foram indicados estão dentro da lei ficha limpa de sua autoria. Desde posse o vereador esta visitando os bairros e realizando fiscalizações.

“Esses requerimentos nada mais que o papel do vereador, em primeiro lugar o requerimento é pedir informação daquilo que você tem duvida e daquilo que você quer realmente ficar em cima para que possa ser cumprido pelo poder publico – Executivo, o papel do vereador é pedir requerimentos pra fiscalizar”, disse Missena ao falar sobre o motivo dos requerimentos que entrarão em pauta nas próximas sessões da Casa de Leis tanabiense.
Foto: Renan Contrera
O vereador Fabricio Missena entrará com requerimentos
 para pedir informações ao Executivo tanabiense
Um dos requerimentos que segundo o vereador já pedirá na sessão do dia 06 de fevereiro é sobre o bônus dos professores públicos municipais, pois a nota do município no IDEB foi acima de 7 pontos. E por vários anos os professores recebem este bônus, e na administração passada não receberam. “Nos no ano passado vamos cobrados pelos professores públicos municipais, na qual eles não receberam o que é de direito deles, um bônus do professor que por vários anos desde 2008 se não me engano é pago aos professores. E todo final de mandato tem que ser pago, porque é a nota do IDEB”, comentar o vereador.

“Nessa primeira sessão já no dia 06 já vou fazer um requerimento pedindo explicações ao Prefeito Municipal quando será pago esse bônus ao professor, saber a data porque ele já tinham ter recebido em dezembro na outra administração, não receberam e agora a gente esta cobrando para que possa ter uma data definida para que os professores recebem esse bônus que não foi pago ainda para eles”, completou.

O outro requerimento que o vereador Fabricio Missena irá entrar é referente aos cargos de comissão da Prefeitura esta dentro da lei da ficha limpa municipal cria por ele mesmo em 2015, que tem o intuito de proteger a moralidade administrativa, evitar o abuso do poder econômico e politico. No final do ano passado o vereador entrou com requerimento pedindo informações sobre os cargos de comissão que são 37 cargos sendo que 12 não estavam sendo ocupados.

“Temos que pedir estas informações porque nos queremos saber quem foi nomeado, onde foi colocado o edil, qual o valor que será pago a cada cargo de comissionado”, alega o vereador.

Fiscalizando
Mesmo em recessão parlamentar o Fabricio Missena esteve exercendo o seu papel de vereador fiscalizando, foi em postos de saúde, caixa d’agua nos bairros, falta de medicamentos e curativos nos postos de saúde.

O vereador reconhece que algumas situações foram deixadas pela administração anterior e que não tinha visto nenhuma intenção de mudar estas situações neste ano.


“Mesmo não tendo sessões ordinárias na Câmara Municipal a gente já esta atuando desde dia 1 a partir do momento que a gente tomou posse”, finalizou o vereador.