segunda-feira, 17 de julho de 2017

Três pessoas são presas em flagrante por trafico de entorpecentes e associação ao trafico

Renan Contrera


Três pessoas forma presas por trafico e associação ao trafico em flagrante ontem, 16. Já estão à disposição da Justiça dois estão presos em Catanduva e a uma na Cadeia de Nhandeara.

A Policia Militar Rodoviária Estadual durante a madrugada de ontem, 16, estava realizando operação policial visando abordagens para combater a alcoolemia na Rodovia Bady Bassitt. Quando os policiais visualizaram um Uno com quatro pessoas.
Foto: Renan Contrera
Os presos estão a disposição da justiça

Durante a abordagem foi sentido por odor da droga maconha, na revista pessoal nada foi encontrado em poder dos passageiros. Por espontaneidade, C.P.C de 30 anos moradora de Rio Preto que era uma das passageiras entregou uma porção de substancia em pó branco, parecendo ser cocaína.

Na revista veicular foi localizado dois pedaços aparentando ser maconha sob o banco do passageiro onde estava C.P.C. Os outros passageiros do veiculo de quem seria o entorpecente alegaram desconhecimento.

A C.P.C disse que era do condutor do veiculo L.A.B.G de 36 anos morador de Rio Preto, ele informou que trouxe C.P.C para Tanabi a afim de receber uma quantia em dinheiro.

A passageira informou aos policiais o local da aquisição do entorpecente que foi em Tanabi. Já na residência de B.N de 19 anos que confirmou a venda do entorpecente e em busca na residência foi encontrado duas porções de substancia pó branco aparentando ser cocaína, sete porções de crack e uma balança.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão a L.A.B.G de 36, C.P.C de 30 e B.N de 19 anos que foram presos em flagrante delito por pratica de trafico de drogas e associação ao trafico.

A voz de prisão foi ratificada pelo Delegado Jose Luiz Barbosa Junior, Delegado da Delegacia de Policia de Tanabi onde a ocorrência foi apresentada.

Os dois homens B.N e L.A.B.G  foram conduzido para a Cadeia de Catanduva e a mulher C.P.C  para a Cadeia de Nhandeara onde todos estão a disposição da Justiça.