terça-feira, 3 de abril de 2012

Estudantes do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) visitam Alcântara.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com


Fotos: S2 Gilberto/ CLA

Os estudantes do ITA  na apresentação institucional.
O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, recebeu (30/3) a visita de 32 estudantes do primeiro e segundo anos profissionais do curso de Engenharia Civil do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Acompanharam os futuros engenheiros, o Tenente Coronel Especialista em Comunicações Francisco Antonio Ramos de Araujo e os professores Eugênio Vertamatti e Marcelo De Julio, ambos instrutores do curso. Na visita, os estudantes puderam desenvolver trabalho de campo na pista de pousos e decolagens do Centro, atualmente em obras de recapeamento. Sob orientação dos instrutores realizaram a aferição de resistência do solo e estiveram nas galerias pluviométricas subterrâneas recentemente construídas nos arredores da pista. Ainda pela manhã, acompanharam o trabalho de recuperação feito em uma antiga voçoroca. Voçoroca é uma erosão que forma crateras de profundidades variadas. A voçoroca recuperada possuía seis metros de profundidade e ficava em torno do Rio Pepital.
   
Durante a tarde, em palestra ministrada pelo Major Intendente Roberto Sérgio do Nascimento Pinheiro, Chefe da Divisão Administrativa do CLA, os estudantes e instrutores puderam conhecer mais a respeito do Centro e do Programa Espacial Brasileiro. Em seguida, foi realizada uma simulação de lançamento de foguete no Auditório da Sala de Controle, onde acompanharam todos os detalhes seguidos na preparação até o lançamento e posterior rastreio do veículo lançado. Na programação, checaram as obras da Alcântara Cyclone Space (ACS) e obtiveram informações sobre o empreendimento binacional brasileiro-ucraniano. O projeto visa construir um sítio de lançamento para colocar em atividade o foguete Cyclone-4 que colocará satélites em órbita a partir de Alcântara nos próximos anos. As atividades foram encerradas passando pelo Setor de Preparação e Lançamento do CLA. Lá a comitiva do ITA teve contato com veículos reais, o Foguete de Treinamento Básico (FTB) e o Foguete de Treinamento Intermediário (FTI) ambos em operação tanto no CLA quanto no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e com a Torre Móvel de Integração (TMI), de onde será lançado o Veículo Lançador de Satélites (VLS).
 

A visita faz parte do roteiro de viagem de instrução que os alunos do curso de Engenharia Civil do ITA realizam todo ano visando aperfeiçoamento na área de infraestrutura. Além do CLA, os visitantes também estiveram na Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA) e na Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará.



Fonte: CLA