quinta-feira, 23 de agosto de 2012

FAB participa de mostra de produtos de defesa

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com

Fotos: Agencia Força Aérea/ CB Silva Lopes 

Entre os dias 17 e 19 de agosto, a Força Aérea Brasileira (FAB) participa da Mostra Base Industrial de Defesa (BID-Brasil), que acontece no hangar do Correio Aéreo Nacional, na Base Aérea de Brasília. A mostra é promovida pela Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos e o Ministério da Defesa, e contou o apoio da FAB.
O evento, inédito no país, reuniu empresas de diversos segmentos que apresentaram soluções e equipamentos como aeronaves, veículos aéreos não tripulados, embarcações pneumáticas, viaturas blindadas, radares, armas não letais, entre outros.

Além de conhecer projetos ligados à defesa nacional, os visitantes podem verificar como essas tecnologias estão sendo aplicadas no cotidiano do cidadão comum. É o que afirma o Tenente Engenheiro Paulo Rigoli, do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). “A descoberta de novas tecnologias, além de influenciar a abertura de novas linhas de pesquisa, também pode migrar e beneficiar o meio civil”, conta.
 
O IAE levou para a mostra dois projetos mísseis de fabricação nacional. Um deles, guiado por infravermelho, é utilizado em combates aéreos. O outro é um míssil para destruir radares inimigos, que está com o projeto em desenvolvimento.

No estande da FAB também é possível conferir peças e equipamentos nacionalizados pelo Centro de Logística da Aeronáutica (CELOG), que geraram, somente em 2012, uma economia em torno de seis milhões de reais para o país. “É importante estimular a prospecção de novos projetos porque isso gera desenvolvimento tecnológico e fortalece a indústria nacional”, afirma o Tenente Engenheiro Éder Galdiano, do CELOG.

A FAB também levou para a feira uma aeronave A-29 Super Tucano do 3º/3º Grupo de Aviação e uma barraca do 1º Grupo de Comunicações e Controle, com rádios e síntese radar.

O Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica, visitou amostra e conheceu de perto os estandes de diversas empresas. Acompanhado de Oficiais Generais do Alto Comando, o Comandante interagiu com os produtos e se mostrou muito satisfeito com o que viu. 

Adidos militares estrangeiros participaram de um workshop, no qual foram apresentados projetos e políticas públicas de defesa e segurança. O adido aeronáutico da Colômbia, Coronel Enrique Lozano, disse que o evento é uma oportunidade de criar parcerias. “A mostra é uma oportunidade de conhecer empresas e projetos em que podemos nos tornar futuros parceiros, como o KC-390,desenvolvido pela FAB e EMBRAER”, disse.

Fonte: Agência Força Aérea