quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Força Aérea tem a primeira mulher a comandar uma unidade

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br
Fotos.: 1S Pantoja/ICA
A Força Aérea Brasileira tem a primeira mulher a comandar uma organização militar da FAB. A Coronel Médica Carla Lyrio Martins assumiu o Comando da Casa Gerontológica Brigadeiro Eduardo Gomes (CGABEG), que estava sob o comando do Coronel Médico Antônio Carlos de Melo. A solenidade de passagem de comando foi realizada no ultima sexta-feira 16 de janeiro, foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito e contou com a presença do Alto-Comando da FAB. 
"As mulheres vieram para ficar nas Forças Armadas. Essa designação da Coronel Carla é de um pioneirismo que vai entrar para a história. Espero que outras mulheres ocupem posição de destaque, não só em funções de apoio, mas também combatentes, intendentes e aviadoras. Hoje foi o primeiro passo do que vai acontecer muitas vezes", afirmou o Tenente-Brigadeiro Saito.

O Diretor de Saúde da Aeronáutica, Major-Brigadeiro Médico Jorge Marones de Gusmão, ressaltou a experiência e profissionalismo da Coronel Carla, comparando a militar com outras pioneiras das Forças Armadas, como a Tenente Maria Quitéria de Jesus, primeira infante do Exército Brasileiro, que combateu em 1822 na Guerra da Independência; e a Capitão Anna Nery, enfermeira de corajosa atuação durante a Guerra do Paraguai, em 1865. “Em minha carreira na FAB tive a honra de ladear com diversas mulheres que, além de excelentes profissionais, eram militares exemplares. É um orgulho e uma honra participar da solenidade que consagra uma médica tão competente e dedicada na história da instituição”, disse o Major-Brigadeiro Marones.
Para a Coronel Carla, sua indicação é resultado do trabalho que desempenha há 25 anos. “A Força Aérea valoriza o trabalho, independente de gênero, cor ou origem. Para mim, a carreira proporcionou muita satisfação pessoal e aqueles que tiverem esse objetivo vão encontrar na FAB o reconhecimento pelo seu esforço”, afirmou.
A Coronel ingressou na Força Aérea em 1990 e foi promovida ao atual posto em agosto de 2014. É especialista em Medicina Aeroespacial, Hematologia e Hemoterapia, e possui Pós-Graduação em Vigilância Sanitária e Epidemiológica e em Desenvolvimento Gerencial na Gestão de Serviços de Saúde. Integrou o corpo clínico do Esquadrão de Saúde da Academia da Força Aérea (AFA), da Base Aérea de Fortaleza, do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e do Hospital da Força Aérea do Galeão (HFAG). 
A médica, que já chefiou o Serviço de Hemoterapia, a Comissão de Infecção Hospitalar, o Serviço de Hematologia e a Divisão Médica do HFAG, nasceu em Belo Horizonte, é casada com o Coronel Aviador João Pedro Martins e possui dois filhos, Bruna e João Pedro.

Fonte.: Agencia Força Aérea