quinta-feira, 23 de julho de 2015

Vereadores irão decidir o futuro politico do vereador Dida

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br
Imagem: Reprodução via Blog do Julião
Os vereadores de Tanabi irão realizar uma sessão na sexta-feira 24 de julho, para decidir o futuro politico de Gesio Reis, o Dida que foi preso na Operação Ave de Rapina da DIG e DISE por suposto envolvimento no Trafico de Drogas e outros crimes. A comunidade esta ansiosa para ver a decisão dos vereadores e para ter tranquilidade o presidente da Câmara solicitou a presença da Policia Militar e a imprensa local e região esta acompanhando o caso.
Nesta sexta-feira 24 de julho os vereadores de Tanabi realizarão sessão para decidirem se irão cassar ou não o vereador Gesio Reis da Costa Viveiros que esta preso por suposto envolvimento em trafico de drogas, roubo de maquinas agrícolas na região e no Estado do Mato Grosso, associação para o crime.

Lembrando que o julgamento do Dida ainda não ocorreu, esta será um julgamento politico, ele responde processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Câmara Municipal de Tanabi. Será apresentado um relatório pedindo ou não cassação do Dida pelo relator do Conselho o vereador Valdir Uchoa, que não poderá votar no caso seu suplente Geferson Carvalho (conhecido como Garapa) teria que ser convocado pelo o Presidente da Câmara, Nivaldo Evangelista, somente João Guirado que é suplente do Osmar do Nascimento foi convocado, Osmar não poderá votar porque ocupa o lugar do Dida.

Ao ser notificado oficialmente pelo seu advogado Dida poderá estar presente na sessão, pois tem direito de resposta por até 4 horas se houve réplica e treplica. Para a cassação de Dida é preciso 8 votos, mas pelo que esta sendo comentado alguns vereadores já estão pensando na eleição do próximo ano e não irão votar para a cassação de Dida assim tendo uma imagem positiva perante a comunidade e familiares do acusado.

O Presidente da Câmara solicitou a presença da Policia Militar durante a sessão para que haja tranquilidade, se Dida estiver presente um esquema de segurança será montado, sendo que ele esta sob custodia da justiça.


A imprensa local e região esta acompanhando o caso desde a Operação Ave Rapina que deteve o vereador, seu irmão e outras 4 pessoas nesta Operação, em Tanabi, Mirassol, Bady Bassitt, Pacaembu na região de Presidente Prudente, mas outras três pessoas foram presas durante a investigação. Na operação foi aprendido drogas, armas, munições, maquinas agrícolas e outros. A Policia Civil investigou os acusado por mais de um ano por escutas telefônicas.

Informações: Blog do Julião